Eu não acredito que qualquer pessoa pode ter habilidades pra fazer uma HQ ou um cartum!

Isso é o que defende José Alberto Lovetro, o JAL, um dos maiores cartunistas do Brasil. No episódio desta semana, passearemos pela história do artista e, consequentemente, pela história da HQ sob seu ponto de vista único.

DESCUBRA NESSE EPISÓDIO:
– Quem é José Alberto Lovetro, o JAL ?
– O que é preciso para ser cartunista?
– Dá para viver de quadrinhos no Brasil?
– O que o efeito borboleta e os quadrinhos têm em comum?
– Como foram criadas as principais premiações nacionais de quadrinhos?
– Como é trabalhar com o Mauricio de Sousa?
– Como foi ser cartunista durante a Ditadura?
– Como se cria um personagem de tiras?
– O que funciona melhor no quadrinho brasileiro?
– Como criar um anti-herói?

CONVIDADO: José Alberto Lovetro, o JAL.

LINKS DO PROGRAMA
Bradesco YouTube
Cadastro de Aniversário da Cavalaria
Rede Geek no YouTube
Rede Geek no Instagram
Grupo da Cavalaria no Telegram
Apoie a Rede Geek
Efeito HQ: uma prática pedagógica

REFERÊNCIAS TEXTUAIS
José Alberto Lovetro, o JAL (Portal dos Jornalistas)
O Amigo da Onça Original (Revista Trip)
Efeito HQ: uma prática pedagógica
Associação dos Cartunistas do Brasil
Capa da Folha de São Paulo com o beijo gay da HQ “Vingadores, a cruzada das crianças” (Instagram Folha de S. Paulo)

APOIADORES DO MÊS
Alexandre Verdu, Ana Paula Carvalho, André de Oliveira Ruz, Arthur Bárbaro, Bruno Garofalo, Bruno Gomes Fonte Bôa, Bruno Gouvea Santos, Carol “Chibi” Martins, Cícero Oliveira, Clecio Ferreira, Daigo Matsuoka, David Nunes Balotin, Eduardo Shimote, Fernando Abreu Gontijo, Fernando Darthjee Favini, Filipe Aleixo Moreno, Filipe Rios, Guilherme Bacellar, Igor Antonio, Ivair Ferreira Junior, Julio Tadeu da Costa, Kevin Costner, Leonard Ribeiro Jacinto, Luiz Fernando da Silva Xavier, May W., Pedro Cornelio, Roberto B. Rodrigues, Rodrigo Bueno Mascarenhas, Thiago Cardoso de Castro e Thiago das Chagas Compan.

CRÉDITO ILUSTRAÇÃO
Fotógrafo Rodrigo W. Blum

Gostou do episódio? Compartilhe com a gente sua opinião em áudio pelo WhatsApp 11 98765-6950. Seu comentário poderá aparecer no podcast Serviço de Atendimento à Cavalaria (SAC).