Ultrageek 256 – Star Trek 50 anos

Ultrageek 256 – Star Trek 50 anos

RAULLL CAVALARIA GEEK!

No Ultrageek dessa semana vamos falar sobre uma das franquias mais geeks de todos os tempos… Star Trek! Isso mesmo, Jornada nas Estrelas “foi aonde nenhuma série jamais esteve” e está fazendo 50 anos nessa semana, seria impossível isso passar batido pela gente, não é mesmo? Não importa se você é fã ou se não tem ideia do que estamos falando, esse episódio é obrigatório para qualquer geek!

Convidado que veio do espaço:
Paulo Gustavo (Best TV e Loucos por séries – Vivo TV)

Nesse episódio: Pense quadridimensionalmente, entenda o que faz de Jornada nas Estrelas uma série obrigatória, conheça a cronologia, admire a mente de Gene Roddenberry, quebre barreiras, crie um novo conceito em séries para TV, invente o MP3, dê o nome para a série no Brasil e descubra que resistir é inútil, você vai virar um fanboy!

LINKS DO PROGRAMA

SIGA A REDE GEEK

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • Anderson Elias

    RAULLL, Cavalaria! Episódio excelente! Partindo agora para os episódios anteriores referidos aqui. MAS gostaria de ressaltar o que o Paulo Gustavo pontuou sobre Spoilers com uma frase:
    “Para quem ainda não leu, o jornal de ontem é novidade”.
    Já deixei de assistir, ou assisti sem empolgação alguma, alguns filmes por conta de Spoilers, e hoje em dia está cada vez mais difícil de fugir destes, dada a velocidade com que a informação chega até nós. Talvez valha um Ultra Geek sobre “Surpresa vs Spoilers”?
    Não acompanhei nada Jornada nas Estrelas, mas vibrei ao saber que a Netflix trará os clássicos. Será a minha chance de conhecer a série.

  • Vanei Anderson Heidemann

    Star Trek é muuuuuito melhor que Star Wars!

  • Diego de Paula

    Assisti a série clássica, na Band, na hora do almoço, nos anos 2000!
    Era tosco? Era!
    Mas curtia muito!

  • Julio Costa – O Paranauê

    RAULLL, queridos almirantes! Muito lindo esse episódio. Daqueles que deu vontade de participar. Acho que mais de 40 anos como fã e ter assistido todas a séries, inclusive Enterprise, me credenciam ao posto. Mas o Paulo Gustavo fez um bom trabalho. Senti falta de terem dito que no 30º aniversário da série há 20 anos, o George Takei esteve no Brasil e foi o 1º membro do elenco principal de ST a pisar na América do Sul, numa convenção do Fã-Clube Frota Estelar SP. Eu estive nessa. No mais foi um episódio foda e uma das razões que me faz amar o Ultrageek, é que é o único podcast, que ninguém fala mal de Star Trek . Vida longa e próspera e RAULLL!!!

  • Chips

    Raul gurizada!

    Passando aqui para agradecer a dica de assistir tudo de novo no Netflix! Definitivamente o melhor podcast nerd paulistano situado na mocca sobre 50 anos de Jornada nas estrelas DO MUNDO. (Caso vocês não saibam, isso é coisa de brasileiros, e muitos gringos tiram sarro disso.)

    Comentário off-topic, adoro essa música do batismo “Eu e o Tato, viva esse momento e é nóis!”, definitivamente gera uma proximidade com o ouvinte batizado!

    Falou! Valeu!

    Do Chip formatado mas não batizado pela cavalaria.

  • Jessica Pereira

    RAULLL CAVALARIA!!!

    É muito amor envolvido nestes temas.
    Star Trek está muito enraizado na cultura pop e consegue ser bem de nicho ao mesmo tempo.
    Eu tive contato com Star trek, pela serie clássica e essa nova sequencia de filmes, ainda tenho muito para consumir e mergulhar de cabeça…. é em saber que vai estar tudo na Netflix, e em sair uma série nova: S2, Só amor.

    Vou aproveitar e deixar uma dica de “cantada” para a cavalaria, se a pessoa lhe perguntar se vc prefere Star Wars ou Star Trek, você responde: – Prefiro Star com você. (hahaha, tem uma efetividade boa)

    Bjuss
    Art3mis da Cavalaria Geek

  • Meu caros, ficou muito divertido… Parab´nes…

  • João Paulo Hanke

    RAULLL Cavalaria Geek!

    Episódio excelente! Sou fã recente da franquia (culpa do JJ Abrams hahahaha) mas é certeza que vou assistir tudo quando chegar na Netflix!

    Sobre essa questão de episódios em arcos, acredito que a série clássica de Doctor Who tenha começado com isso antes de Star Trek. Lá os arcos geralmente eram divididos em 4 ou 5 partes, com umas 4 ou 5 arcos por temporada. E existe uma certa cronologia entre elas na temporada, não são aventuras completamente soltas, mesmo que as vezes não tenha um grande cliffhanger entre as temporadas.

    Sugestão de episódio: Top 10 gadgets legais (e que existem de verdade) de séries/filmes geeks. RAULLL!!

  • Cesar Osvaldo Müller

    RAULL Cavalaria!!!
    Tenho 17 anos e adoro Star Trek, realmente esta parceria com a Netflix vai ajudar e muito que gosta de ver os episódios mais antigos…
    A proposito, a cidade da leitura de e-mails, se lê Gáruva 😀