Ultrageek 251 – Os ninjas

Ultrageek 251 – Os ninjas

RAULLL CAVALARIA GEEK!

No Ultrageek dessa semana vamos falar sobre um símbolo dos filmes dos anos 80 e sua verdadeira história… Sim, vamos falar sobre os ninjas! Conheça as armas, ferramentas e técnicas desses guerreiros das sombras e se impressione com suas tradições que quase se perderam na história!

Ninjas convidados:
– Moicano (Tempo Ruim HQ)
– Agente Especial, Leo Akira (Le Partanos)

Nesse episódio: Grite como um ninja, conheça a história do Ninjutso, desconfie de todas pedras, proteja as jóias da família, fuja do Italian Ninja, suma da Wikipedia, descubra como a tradição ninja se manteve até hoje, caminhe em silêncio e cometa um erro fatal com condimentos!

Cavalaria Geek

CAVALARIA GEEK

LINKS DO PROGRAMA

SIGA A REDE GEEK

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • Willian Pedrozo

    RAULLL
    Existiam mulheres samurais. Vocês podiam fazer um programa sobre Kendô no futuro e abordar esse tipo de coisa e como a técnica dos samurais chegou na modernidade.

  • Os artistas que estão no Catarse são os convidados da edição, mas vocês acertaram: eu distribuo o café na Escape, hahahahahahahahhahaha…

  • Agnes Pauli

    Olá marechais!Olá marechais!

    Sou Agnes Pauli, de João Pessoa na paraíba,40 anos e entre tantas outras coisas sou shodan de kendo, shodan de iaido e mudan de kyudo.

    Já participei como convidado do faito podcast, sobre kendo do dojo bandeirantes em sao paulo, com o kendy como host e sou da equipe do shinai na caveira, podcast sobre kendo aqui do mugenkai (meu dojo).

    Sobre as ninjas mulheres, elas eram chamadas kunoichi.

    Sobre as mulheres samurais. Aqui vai um esclarecimento maior. Samurai é uma classe social e não ser guerreiro, para esta atividade se usa a palavra bushi, que difere do ashigaru que é soldado.

    A classe social samurai se dedicava a atuar como agentes “estatais” ou dos senhores e nobres, um samurai sem um senhor era um ronin. Neste contexto, o integrante da classe samurai era esperado que prestasse serviço ao seu senhor, em especial de forma militar, mas nem todos o faziam de forma eficiente, mesmo sendo homem.

    Assim, as esposas e filhas de samurais, eram da mescla classe, portanto, também samurais. Obviamente, isso não quer dizer que todas recebiam treinamento em combate, nem quer dizer que não faziam noção alguma sobre isso, dependeria do caso individual.

    Espero ter ajudado e caso queiram saber mais sobre mulheres brasileiras se destacando no kendo tem a tabita, a vivi omasa, a mariana cruz, a manuela, a bruna gauterio, a irenilda medeiros e tantas outras que dão muito orgulho aos kenshis brasileiros.

    Procura ai kendogirls e divirtam-se.

    Sou Agnes Pauli, de João Pessoa na paraíba,40 anos e entre tantas outras coisas sou shodan de kendo, shodan de iaido e mudan de kyudo.

    Já participei como convidado do faito podcast, sobre kendo do dojo bandeirantes em sao paulo, com o kendy como host e sou da equipe do shinai na caveira, podcast sobre kendo aqui do mugenkai (meu dojo).

    Sobre as ninjas mulheres, elas eram chamadas kunoichi.

    Sobre as mulheres samurais. Aqui vai um esclarecimento maior. Samurai é uma classe social e não ser guerreiro, para esta atividade se usa a palavra bushi, que difere do ashigaru que é soldado.

    A classe social samurai se dedicava a atuar como agentes “estatais” ou dos senhores e nobres, um samurai sem um senhor era um ronin. Neste contexto, o integrante da classe samurai era esperado que prestasse serviço ao seu senhor, em especial de forma militar, mas nem todos o faziam de forma eficiente, mesmo sendo homem.

    Assim, as esposas e filhas de samurais, eram da mescla classe, portanto, também samurais. Obviamente, isso não quer dizer que todas recebiam treinamento em combate, nem quer dizer que não faziam noção alguma sobre isso, dependeria do caso individual.

    Espero ter ajudado e caso queiram saber mais sobre mulheres brasileiras se destacando no kendo tem a tabita, a vivi omasa, a mariana cruz, a manuela, a bruna gauterio, a irenilda medeiros e tantas outras que dão muito orgulho aos kenshis brasileiros.

    Procura ai kendogirls e divirtam-se.

  • THIAGO CUNHA

    RAull marechais!

    Que programa da hora, não acredito que o maury fez a piada do jiraya e colou , eu dei muita risada ouvindo essa parte pqp.

    Um grande abraço e parabéns pelo programa

    falto dizer que ninjas sabem subir pareces, uma vez eu assisti uma aula e vi o Sensei (mestre) fazendo isso, ele dava uns dois ou tres passos na parede

  • Jessica Tavares

    Bitches, please

    Sou a demolidora
    eu chuto bundas de ninjas!

    beijos e jutsos
    Jéssica Tavares
    A Demolidora da Cavalaria Geek

  • Highlander

    Diz a lenda que um samurai desconfiou de uma pedra e a observou por 3 dias. Quando achou que era só uma pedra mesmo se distraiu e a pedra o matou. Hoje em dia um maluco desconfia de uma pedra e a observa por 15 segundos… e então explode a pedra com um tiro de bazuca… só pra garantir… É por isso que o Oriente Médio é todo deserto. Já explodiram todas as pedras por lá. E o último mestre ninja desistiu de passar seus ensinamentos para evitar que o mundo vire um grande deserto…

  • Denis

    RAULLL marechais!!!
    Episódio “DUKA”. Muito bacana mesmo. Parabéns pelo excelente trabalho sempre!
    Fiquei com imensa vontade de conhecer mais e talvez até aprender a arte milenar do Ninjutso.
    Será que os senhores ou algum dos convidados poderiam indicar boas escolas (ou dicas de como encontrar boas escolas) nos diferentes subtipos existentes (escolas de confiança pois como nossos queridos convidados esclareceram existem algumas que se valem do desconhecimento dos interessados para vender falsas promessas… na internet achamos varias mas, como diferenciar o joio do trigo sendo um iniciante no assunto)?
    Agradeço desde já! Forte abraço!

    • Eu quero fazer Krav Maga e vi que tem um site que fala onde tem as escolas oficiais. Segue:

      http://www.kravmaga.com.br/

      • Denis Bandeira

        Krav tb é bacana! Valew!

    • João Mário Soares Silva

      Para seu alívio, não se ouve MUITO sobre escolas “trambiqueiras”, o principal é chegar na academia e pedir para vem um treino, vê como é a postura do sensei, se não tem nada esdrúxulo.
      Só para esclarecer as 9 escolas fazem parte da Bujinkan Budo Taijustsu, você não estuda uma ou outra escola dessas 9, você estuda todas dentro da bujinkan.
      Espero ter ajudado.

      • Denis Bandeira

        Cara, muito obrigado! Ajudou sim! Abração!