iPhone ou Android? Por que decidi ficar com o Android?

iPhone ou Android? Por que decidi ficar com o Android?

Antes de começar, sei que escolher um smartphone não é tão simples quando escolher um time de futebol, um partido político ou até mesmo uma religião. Estamos falando de coisa séria aqui! iPhone ou Android? iOS ou LG G3? Windows Phone? Que complicado…

Quem acompanha o conteúdo da Rede Geek sabe que sou um grande fã da Apple. Estou usando um Mac pra escrever esse post, leio livros no iPad, meu smartphone sempre foi um iPhone, até Apple TV eu uso no dia-a-dia… Mas como é possível eu ter mudado de opinião depois de tanto tempo? Por que eu decidi trocar o iPhone por um Android?

Acho que pra começar, vale citar que ando com pelo menos dois smartphones no dia-a-dia. Uso todos os sistemas operacionais e não tenho “raivinha” de ninguém. Acima de qualquer coisa, sou um geek, fã de tecnologia e, como tal, tomei uma decisão pensando no meu uso, principalmente, na relação custo-benefício aqui no Brasil.

Bem, vou organizar meus pensamentos em tópicos. Assim, fica mais fácil de explicar como cheguei  a essa decisão e de compartilhar toda minha experiência…

iphone-ou-android-ecossistema

 SINCRONIZAÇÃO

Minha realidade como usuário é bem complicada, afinal, não fico preso em um sistema operacional ou a um device. Como vivo testando smartphones, notebooks, tablets, sou obrigado a usar um ecossistema que se adapte à todos os dispositivos. A escolha óbvia foi usar a solução do Google! Com o Google Drive eu consigo editar meus arquivos não importa onde esteja, minha agenda e contato são sincronizados em questão de segundos em todos dispositivos, até meu e-mail da Rede Geek é gerenciado pelo Google Apps hoje.

Mas isso não foi sempre assim, já fui usuário do MobileMe (conhecido hoje como iCloud e antigamente como .Mac). A integração era perfeita, desde que só usasse dispositivos da maçã! Se tivesse que testar um Windows Phone, lá ia o idiota copiar todos os contatos e integrar na Live… Se tivesse que usar um Android, lá ia o idiota colocar tudo no sistema do Google…

Apesar de tudo, quando migrei tudo para os servidores do Google comecei a usar esse sistema no iOS, Windows Phone, Android, PC, Mac e Linux. Minha vida ficou mais fácil e a SkyNet me fez dar mais um passo em direção do Android.

iphone-ou-android-loja

LOJA DE APLICATIVOS

Se teve um argumento que sempre usei quando defendia o iOS, era que a App Store tinha um volume muito maior de aplicativos que o Google Play… Mas com o tempo esse argumento foi se perdendo como lágrimas na chuva!  Faz dois anos que isso não é mais um problema. Hoje, os dois sistemas operacionais conseguem atender minhas necessidades da mesma forma, até o WeCast (aplicativo obrigatório para quem curte podcasts) está indo para o Android!

iphone-ou-android-funcoes

FUNÇÕES DISPONÍVEIS NO BRASIL

Aí o iOS começa a perder forças! A experiência que o Google proporciona no Brasil está muito mais rica que a Apple consegue entregar. Estamos no iOS 8 e nada de Siri em português, enquanto isso o Google Now e seu “Ok, Google” entrega uma experiência bem completa em português.

A Apple fica naquela de “precisamos entregar uma experiência completa e perfeita”, mas enquanto isso, aqui nas terras tupiniquins, eles não estão entregando experiência nenhuma… A iTunes Store Brasileira demorou tanto pra chegar e, ainda sim, não consigo dar um gift card de presente pro meu primo!

Enquanto vejo o Google ralando pra disponibilizar o máximo de funções para os smartphones mais antigos (mesmo com vários fabricantes não liberando o sistema operacional mais atualizado), se você não trocar seu iPhone a cada 2 anos, começa a perder funções também…

PERSONALIZAÇÃO

O iOS 8 finalmente liberou algumas personalizações, como a liberdade de poder usar teclados de terceiros. Não poderia ter ficado mais feliz, pois me apaixonei completamente com a experiência de usar o SwiftKey no dia-a-dia! Mas, o Android já tem essa função faz muito tempo.

iphone-ou-android-widgetsNão importa se você acha que aquele Android do seu vizinho brega com o papel de parede “Matrix” e ícones de gatinhos, ele personalizou o aparelho para as necessidades dele. Podem ser necessidades bregas, é verdade, mas essa possibilidade é muito foda.

Quando um cara com um uso mais hardcore usa essas funções, adiciona alguns widgets (sim, eles fazem diferença) na tela inicial, configura até a maneira como os aplicativos devem se comportar e começa a entender as vantagens do sistema operacional. Mas você precisa fazer, ver aparelhos de outras pessoas não vai trazer nem 1/5 da experiência!

Uma coisa bacana que você pode fazer para testar outro sistema operacional é trocar de aparelho com um amigo (de confiança) por um mês e depois trocar experiências… Tenho certeza que os dois geeks envolvidos sairão ganhando.

iphone-ou-android-divisorG3

DIVISOR DE ÁGUAS

Já tive diversas experiências com o Android e sempre achei ele um baita sistema operacional, apesar das piadas que fazia pra tirar um sarro dos amigos mais fanboys do robozinho! Rs Mas no final das contas sempre acabava optando por me manter no mundo da Apple, afinal, já tinha todos os apps que precisava, músicas integradas no iTunes, tudo funcionando… E como diz o velho ditado “não se mexe em time que está ganhando”, não é?

Deveria ser! Até o dia em que me mandaram um LG G3 para testar!

Pra começar o hardware do smartphone está matador, tira fotos de 13 mpx, sensor laser para foco, filma em 4K, processador Quad-Core Snapdragon… Um belo device high-end! Fora isso, tive uma experiência animal com o Android. Percebi que todos os aplicativos que usava no meu dia-a-dia estavam lá, já usava todo sistema de sincronização do Google, curti muito o Google Now fora do iOS e hoje uso mais o “Ok, Google” que converso com minha mãe (desculpa mãe)!

Decidi então fazer a mesma avaliação que sempre fiz depois de um teste… “Ok, o aparelho é foda, mas trocaria meu iPhone por ele”? “iPhone ou Android”? E surpreendentemente, minha resposta foi sim! Trocaria meu iPhone por um Android! Na verdade a surpresa nem foi tão grande, depois de 2 dias estava usando mais o Android que o iOS. Vi vantagens no ecossistema, quis comprar aplicativos para um aparelho que nem era meu… Isso não era um sinal, era uma certeza. Rs

Vale ressaltar que cheguei a essa certeza com o combo LG G3 + Android Kit Kat. Não sei se teria a mesma opinião se estivesse usando um outro aparelho high-end, se estivesse com um Android mais simples ou com versões mais antigas do sistema operacional. Gostei de ter os botões acessíveis na parte traseira, da função usar os “dois toques” para bloquear/desbloquear a tela e, admito, que alguma vezes tentei frustradamente desbloquear o iPhone e o iPad da mesma forma.

iphone-ou-android-custo

CUSTO-BENEFÍCIO

Outro fator cruel na hora de escolher um smartphone é o preço sobre o benefício que esse aparelho irá trazer. É aí que a coisa aperta! Acredito fielmente que, tanto o iOS, quanto o Android são ótimos sistemas operacionais, com suas vantagens, desvantagens e que ambos entregam um ótimo produto, mas, considerando a realidade brasileira, onde a Apple entrega um produto capado e com um preço acima de qualquer outro high-end, fica complicado de competir.

Se existia ainda alguma dúvida de qual seria meu próximo device, é aqui que ela acaba. Afinal, sou blogueiro, mas não sou milionário e nem gosto de gastar mais por um benefício igual a de outro produto.

CONCLUSÃO

Ainda uso no dia-a-dia os três principais sistemas operacionais do mercado, preciso ter a experiência de todos eles para continuar fazendo o melhor conteúdo possível no meu trabalho, mas meu smartphone principal, o que carregarei comigo para todos os lados, será um Android. Sem papo de fanboy, sem frescuras, amo todos os sistemas operacionais, mas Android, EU ESCOLHO VOCÊ!!!

Agora, isso não significa que essa seja a melhor opção para você também… Não vou deixar de gostar de você (ou gostar mais) se você escolher Android, iOS ou Windows Phone. Você é a única pessoa capaz de refletir, testar e chegar a sua própria conclusão.

Sobre o autor

Idealizador de toda a bagaça, Tato é um aficionado por blogs e podcasts e, acima de tudo, um completo viciado por tecnologia! Já trabalhou com robótica, hidroponia, participou de um reality show, foi professor de computação gráfica, diretor de arte em agências online e offline, organizou eventos e dedicou mais de 90% de sua vida para a comunicação. Por isso, se tornou a mente criativa da parada toda!

  • AEEEEEEEEEW Tato, seja bem vindo à SkyNet! hahaha

  • Aêêêê … o/ General ….. seja bem vindo a “horda” da SkyNet

  • Cara… não. Não acredito. Entendo todos os motivos que fez vc mudar de lado, mas mesmo assim. Um dos fatores únicos que me fariam mudar de iPhone, é o fator do preço, que acho um absurdo os valores cobrados aqui no Brasil.Do resto… nada me faz trocar de iPhone

  • Uma dúvida cruel por LG G3 e não Xperia Z3 ou o Galaxy S5 ?

  • hartungstenio

    Motivos parecidos com os seus me levaram a escolher um Windows Phone. Quer dizer, mais ou menos.

    Uns anos atrás eu desejava um iPhone. Eu sonhava com ele. Tinha amigos que usavam Android, e sempre que perguntava sobre smartphones para eles, me sentia montando um PC. O pessoal sempre falando de processador, memória e tal. Eu queria comprar um smartphone e ter uma boa experiência, sem me preocupar com essas coisas.

    Uma vez fui em um evento para desenvolvedores Windows Phone, e nunca tinha ouvido falar na plataforma. Isso foi meados de 2011. Quando vi aquela tela cheia de quadrados se mexendo, eu me apaixonei. Era aquilo que eu queria em um smartphone. 

    Quanto mais usava, mais ficava maravilhado com coisas simples, como a sincronização com Windows. Já usava SkyDrive, e adorava o fato de eu tirar uma foto com o celular e ela já estar no PC de casa quando eu chegasse, meus contatos estarem sincronizados com meu Live Mail e tal.

    Eu ouvia críticas sobre a quantidade de aplicativos na loja, mas nada me faltou (nada que eu precisasse pelo menos). Sou daquelas pessoas que acredita que, enquanto as outras lojas tem 200 aplicativos de lanterna cada, a do WP tem 1 ou 2 que funcionam bem. Papo de “fan boy”? Pode ser, mas é o que eu achava.

    Na época só existia uma configuração de hardware. Não tinha esse esquema de dispositivos com menos memória. Todos os dispositivos rodavam o sistema igualzinho. Mas, por disponibilidade, peguei o HTC Ultimate.

    Depois de alguns anos veio o WP8, que consertou alguns dos problemas que o WP7 tinha (por exemplo, conseguir usar aplicativos para acompanhar minha corrida sem acabar com a bateria, personalização da tela de bloqueio, atualizar sem ter que usar o Zune…) e imediatamente (assim que veio para o Brasil, pelo menos), adquiri um Lumia 920 (que ainda uso). Eu poderia pegar um modelo mais barato, menos “top”, mas me acostumei com a tela grande do HTC Ultimate, e não queria uma tela muito menor, e depois de ver a apresentação desse Lumia, eu gamei na câmera.

    Queria trocar meu L920 por um 930, mas este não tem um dos recursos de personalização que mais gosto: o tal do “glance” (dar uma espiada na tela quando eu tiro ele do bolso, por exemplo, sem precisar acender a tela por completo). Estou esperando um 935 ou algo do tipo, com esse recurso.

    Não tenho do que reclamar do “meu sistema”. Não quero trocar, não preciso trocar.
    E, se parar para pensar, depois de alguns anos em uma plataforma, é difícil trocar.
    Olhando minha lista de aquisições, eu já baixei 540 aplicativos. Pelo menos uns 100 destes pagos.
    Não importa o sistema que você use, trocar de sistema é um problema. É um bom investimento (além do aparelho em si) que tem que ser feito.

    E antes que falem qualquer coisa, tenho um iPad também, então não tenho problema nenhum com iOS.
    O Android, por algum motivo, nunca caiu no meu gosto. Não é problema do sistema nem nada, é pessoal mesmo.

    (aquele momento que você percebe que o comentário está ficando maior que o post em si, e é melhor parar)

  • CostaMatheus01

    Galaxy é um nome famoso nada alem disso, Xperia Z3 é um ótimo smartphone mas só oferece update de hardware já LG G3 torna o sistema bem mais explorável em termos de conforto e possui características incríveis a melhor delas é a câmera que te faz querer trocar seu olho por ela.

  • renaldofreire

    Anos atrás fiz a troca iOS (iphone 4) para Android (Razr HD). A principio gostei da mudança, da liberdade que tinha com meu aparelho para personalizar o sistema. Mas com o tempo fui tendo problemas com o Razr HD, travamentos apareciam, a câmera deixava a desejar, senti falta da fluidez que o iOS me proporcionava. Acabei voltando para o iOS com o iPhone 5, tendo uma péssima visão de aparelhos Android formada pelo uso do Razr HD.
    Não tenho o que reclamar do meu iPhone 5, iOS como sempre fluido e funcional, é claro que uso ele com Jailbreak (espécie de desbloqueio no iOS para o aparelho ganhar outras funções). Apesar dessa satisfação eu estou pensando seriamente em voltar para o Android. É como se o iPhone tivesse parado de evoluir, ou como se a evolução fosse mais lenta. Vejo o quanto os aparelhos com Android atuais cresceram, o quanto o próprio sistema Android cresceu.

  • hartungstenio Huahuahuahua Comentários grandes não são problemas por aqui! ;D
    Acho que se você tem um experiência boa com o WP e está feliz, encontrou seu amor, seja feliz… Mas é bom sempre se questionar e se manter atualizado sobre o mercado. Foi isso que fiz e foi isso que me fez mudar de opinião!

    Uma coisa importante a se ressaltar sobre o iPad é que a experiência iOS nele é diferente do iPhone, apesar de ser o mesmo sistema operacional, estou deixando o iPhone, mas mantendo o iPad. Pelo menos, por enquanto, estou bem feliz! rs

  • renaldofreire Foi o que falei cara, vai muito do device… Apesar do mercado de smartphones não trazer muita inovação no momento, realmente o dispositivo faz a diferença. O Android não pode ser generalizado por conta de um aparelho, a vida útil dele é um pouco diferente sim, exige um pouco mais de “manutenção” que um iOS, mas para mim, foi a escolha que me fez feliz! ;D

  • CostaMatheus01 É… Eu iria de G3! Estou com ele faz cerca de um mês e, quando a LG pedir ele de volta, vou ficar bem triste! rs

  • Leandro Calegari Se você está feliz Leandrão, continue assim… Mas eu não estava mais, por isso mudei! ;D

  • Alexandre Duarte #RAULLL o/

  • @Douglas Borges #RAULLL o/

  • TatoTarcan

    Rafael_Amon profmaury Também! =P

  • TatoTarcan

    jrafaelmiranda Abri o coração! rs

  • TatoTarcan

    mstrey Valeu meu velho! ;D

  • jrafaelmiranda

    TatoTarcan kkkk…Estou na mesma reflexão! Feliz com um iPhone 5, mas não sei se vou pro 6.

  • TatoTarcan

    jrafaelmiranda Faça um teste com um amigo… Tente trocar de device por algumas semanas e veja com se sai! ;D

  • blogdojotace

    profmaury estou cancelando a assinatura do site não pagarei mais o boleto e darei unfollow nas redes sensuais 😛

  • @blogdojotace profmaury Huahuahuahuahua =P

  • profmaury

    blogdojotace REDE SENSUAIS!!! HAUHAUHAUAHAUAHU

  • OValente

    Tato, Faço suas minhas palavras, estou com um moto G agora saindo de 3 anos de IOS e estou encantado!!!

  • Android <3
    Estou tão na pilha que só essa semana instalei umas 7 versões diferentes do sistema para tentar corrigir o alto consumo de bateria. Mas acho que o SII Lite está pedindo arrego para ser trocado por um Moto G ou X.

  • renaldofreire

    JoaoRicardo_RM Samsung é muito ruim cara. Já tive o SII Lite e sofri. A mudança pro moto G ou X (principalmente) vai ser uma grande evolução pra você. Pode ter certeza.

  • renaldofreire Realmente hoje em dia é um aparelho básico, mas consegui comprar ele por R$ 500,00 durante a Black Friday de 2012 então na época valeu a pena.
    A interface e sistema da Samsung é bem bagunçada e lenta, principalmente quando fui do Gingerbread pro Jelly Bean. Até que descobri a possibilidade de mudar de Kernel, o que não achei que faria diferença, mas mudou completamente a performance do aparelho.
    Passei por várias versões do CyanogenMod e gostei bastante da experiência do sistema. Enfim Moto G será um bom substituto.

  • ponto_ed

    Rede_Geek Quando ele entorta igual um guarda chuva do paraguai?..

  • Ghustavus

    Esse recurso de acender/apagar a tela com dois toques parece bobo mas é muito util. Tenho um LG G Pad com o mesmo recurso e to tão acostumado com ele que de vez em quando tento fazer isso no celular tbm!

  • Ghustavus São essas funções que fazem você viciar no aparelho! Estou chorando pra não devolver o G3 nunca mais!!!! =P

  • MarioHP0

    To pensando em fazer o mesmo Tato . Tenho um iPhone 5 e não estou vendo nada novo no iOS. Usei um LG G3 na loja da LG esse dias e fiquei muito curioso em migrar. Faro que minha bateria está ridícula. Todos dia 3 recargas …

  • Rodrigojm

    O que me surpreendeu é que você disse que costuma ler no iPad =O
    Larga essa vida e compra um e-reader, ai sim você pode dizer que estará lendo de verdade, o iPad só é bom se você for ler HQ ou algum livro que tenha muita imagem, porque pela leitura mesmo cansa a vista demais, coisa que não acontece com os e-readers! =D