Ultrageek 161 – Cerveja

Ultrageek 161 – Cerveja

RAULLL CAVALARIA GEEK!

No Ultrageek dessa semana vamos falar do liquido sagrado, do pão liquido, da bebida dos deuses, da loira gelada, da cerva, da breja, do suco de cevada, da gelada ou simplesmente da CERVEJA!

Convidado bebados:
Ed e Leo (Manual do Homem Moderno)

Nesse episódio: Conheça a história da cerveja, aprenda o que é pão molhado, beba água dura, conheça a louca da cerveja, tome um melzinho, corra pelo campo de malte e fique na dúvida se você realmente toma cerveja!!!

  1. LINKS DO PROGRAMA
  2. Viradas: Malte Show
  3. Curta a nossa página no Facebook!
  4. Rede Geek no Twitter
  5. Rede Geek no Google Plus
  6. Rede Geek no Instagram
  7. Rede Geek no YouTube

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • lucascarvalhoimp

    Eu não bebo.   : (

  • lucascarvalhoimp

    Mas vou ouvir.

  • Ed Araujo

    Bora ouvir mesmo sem beber Cerveja… Sempre é interessante saber de algo novo.

  • pretaanunes

    Corrigindo: Uma cota a menos livre no catarse.

  • Vitor Godoy

    RAULLL! agora sim um podcast que eu manjo dos paranauê

  • Depois dessa, tratem de vir na próxima edição do Festival Brasileiro da Cerveja ou não serão mais meus amiguinhos! 
    E tragam muito Engov, Dorflex…

    http://www.festivaldacerveja.com/2014/

    RAULLL!

  • mpires70

    profmaury bem normal pois não é o pão líquido

  • Ronin (Koudi)

    Raulll, cavalaria !!

    Que coincidência… nesse fim de semana estou indo com alguns amigos pra região de Blumenau brincar na rota da cerveja o/
    visitar algumas cervejarias… se conseguir ahuaahuuh

    Uma coisa que me dá muita saudade do Canadá, são os pubs, cada uma tinha umas 10 biqueiras de marcas diferentes, eu já costumava beber outros rótulos por aqui mesmo, mas experimentei muitas coisas lá e voltei triste que não consegui experimentar nem 30% das que tinham lá… É chato os bares por aqui não ter variedades

  • Alquimista Daltonico

    Tem um Scicast sobre cerveja que saiu um tempo atrás, conta mais sobre a história: 
    http://meiobit.com/282425/scicast-021-cerveja-tucano-nerdcast-cancerjack/

  • jonykellson

    A música no final bem que poderia ser a deixa pra um cast sobre maconha…#RAULLL

  • 22 anos de idade e nunca tomei cerveja, sou “mu-lé-que” nessa conversa rs, e senti falta de algo que poderiam citar em futuras oportunidades: A sensação que motiva vocês a tomar essa bebida. Pois até onde percebo, muita gente toma as cervejas genéricas muito mais pela sensação posterior do álcool, do que pelo sabor em si. E quanto a essas artesanais/limitadas? Fica a sugestão de ponto a abordar. 

    Ah, e contribuição feita no Catarse, agora vocês vão ter que me aturar durante uma futura leitura de e-mails! rs

  • barone

    Fala, cambada de geek! Tudo bem?

    Costumo ser um ouvinte silencioso como vocês bem sabem. Mas dois motivos me fizeram aparecer por aqui: cerveja e o batismo feito no podcast. Vamos por partes:

    Cerveja é uma coisa complicada se consumida em excesso mesmo… tive uma história parecida de um dos convidados (sou péssimo pra nomes as vozes eram um tanto similares), o “último romântico”: estava em um Happy Hour (época na qual eu ainda frequentava as convenções sociais ligadas ao ambiente de trabalho) e bebi DEMÁS. Fiquei dando em cima de uma promoter de uma marca de bebidas no bar e tudo parecia estar correndo lindamente… FADE OUT

    FADE IN – acordo com um barulho de avião, o que já é assustador, pois morava em Santo André. Recobrando os sentidos, notei que não estava no meu quarto. Ao sair das cobertas, notei que não estava usando roupas. Encontrando-as e também vendo uma camisinha usada no lixo do banheiro (GREAT SUCCESS!), fui ao corredor da casa só para notar pelas fotos de família que tinha dormido com a menina que sentada DO MEU LADO NA EMPRESA.

    Cagada feita, resolvi abraçar, mas ela não estava em casa. Achei café passado e um bilhetinho romântico. Tomei o café, fumei um cigarro na varanda, fui embora e NUNCA MAIS TOQUEI NO ASSUNTO.

    Agora, sobre o batismo, adoraria ter um nome na Cavalaria. Dada a nossa história (hummmmm), acho que seria mais divertido pra todo mundo se vocês contassem a sua versão de quem sou eu e qual seria o nome mais apropriado pra mim 🙂

    Grande abraço e até mais!

  • Vanguard

    Nunca bebi, mas já trampei em bar ajudando meu avô e sempre fui o amigo que dirige para levar a galera para casa e foi em uma dessas saídas com os amigos que eu vou começar minha história.

    Estávamos em um Bar do bairro da Casa Verde em SP e meu amigo já estava tão bêbado que se ele cuspisse no chão crescia um pé de cana, quando ele vira e fala apontando para o outro lado “Aquela mina ta afim de mim” olhei na direção apontada e vi uma garota de mini saia, blusinha acima do umbigo e com o MAIOR POMO DE ADÃO QUE EU JÁ VI NA VIDA!!!!
    Eu virei para ele e disse “cara essa mina é tipo kinderovo e você não vai gostar da surpresa! Isso ai é mulher de tromba meu irmão é um TRAVESTI” (declaro agora que não tenho nada contra homossexuais) então ele virou falou que eu tava maluco e antes que eu pudesse fazer alguma coisa a favor de meu pobre amigo ele já estava trocando um papo com a “mulher de tromba” e foi ai que eles saíram. Passado 10 minutos ele volta totalmente sóbrio pedindo para a gente ir embora, no carro virei para ele e falei “Tu encheu a mão ou ela falou grosso?” e ele abaixa a cabeça e em um misto de desespero e sensação de “eu fiz merda” ele me fala ” Não quero falar sobre isso, só quero chegar em casa e tomar um banho”.

    Então amiguinhos segue a moral da história: Se tu bebeu alem da conta e teu amigo sóbrio te da um conselho, siga o conselho ou você pode encher a mão na mini saia da entidade conhecida conhecida como A MULHER DE TROMBA!!!!!

  • Veloz0

    Já tenho uma missão da Rede_Geek! Véi, bora fazer esse som!
    #GroovinGeek in da house.

  • RAULLL CAVALARIA GEEK!
    Sou do interior, Ribeirão Preto (terra do IPA Day). Bebo cervejas artesanais a menos de 1 ano e comecei a fazer minha coleção de garrafas (vou juntando até minha mãe me expulsar de casa)!

    Aproveitando o tema gostaria de divulgar meu aplicativo Android Calculadora de Bebida (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.mxczpiscioneri.calculadoradebebida), o aplicativo descubra qual a opção mais econômica na hora de comprar cerveja ou refrigerante!!

    Beba menos, mas beba melhor!!

  • Alexandre Buhler

    Bora ouvir!, moro em Blumenau, a Terra do chop =p e mesmo não bebendo muita cerveja, devo poder contribuir alguma coisa com meus conhecimentos Blumenauenses.

  • Carrasco

    Fui correndo pro catarse.me e não encontrei a opção “jantar romântico + massagem com o prof. Maury”.
    Já esgotou?
    🙁

  • its_biel

    Rede_Geek coma menos, coma melhor.

  • Alexandre Buhler

    Poxa, muito bom o episodio, de fato depois desses especialistas em cerveja, nem posso falar muita coisa sobre xD
    Aqui em Blumenau, temos cervejarias a vontade com cervejas especiais de varios tipos, eu morava até semana passada a 5 minutos da fabrica da Bierland, trabalhei la um tempo, e minha favorita era a Weiss o ponto forte dessas cervejarias é como comentado no programa o fato de se consumir a bebida logo que ela é fabricada, neste caso a propria fabrica ja tinha um bar muito bom por sinal 😀 
    Abraços

  • Fala galeeera!

    Confesso que não sou um profundo conhecedor de cerveja e nem tão pouco apreciados, já tomei muito porra do que chamamos aqui no Brasil de cerveja, como explicaram no programa. Gostei bastante das explicações técnicas sobre o assunto, foram bem afundo e os convidados também estavam bem a vontade sendo que a interação com vocês foi perfeita, piadas e tudo mais, ficou bem bacana mesmo.

    Aqui em Blumenau e região tem muita cervejaria boa, é bem interessante mesmo o processo e cuidado que eles tem com a feitoria da cerveja. Legal comentarem da água e da filtragem, agora não ninguém cai mais na “água importada do nepal filtrada por anõezinhos chineses ” kkk. Para não dizer que eu não curto cerveja, recentemente tomei a cerveja Paulaner, é importada e muito boa, vale a pena os 30 Reais a garrafa, sim, ela é bem cara, mas tomar uma ou outra de vez enquanto não mata ninguem.

    Mais um grande episódio

    Léo Bruski o Mensageiro Espacial da Cavalaria Geek (Primeira nomeação da Cavalaria #tomaessasociedade (Aerolitos))!!!

  • Alexandre Buhler Fala Alexandre, beleza? Também sou de Blumenau cara, já ouviu o Aerolitos? Podcast produzido por em Blumenauense no caso EU hahaha! abraço

  • Alexandre Buhler

    Léo Bruski – O Mensageiro Espacial da Cavalaria Ge Alexandre Buhler opa! beleza, nao ouvi ainda, vou ouvir hoje =p depois dou um feedback la no site…  xD mais um pra minha lista de 30 podcasts xD to ficando desesperado ja,

  • chibimartins

    Rede_Geek #RAULLL #RAULLL #RAULLL pq eu quero várias!!!

  • MMFelix

    Rede_Geek #RAULLL

  • Wendeli Alves

    #RAULLL generais, Eu sempre achei que não gostava de cerveja, mas o Tato abriu meus olhos com a historia da cervejaria, vou dar uma chance as cervejas importadas, pois tudo que eu já experimentei até hoje foram as marcas comerciais. Vou fazer uma visita a um amigo meu cervejeiro caseiro e pedir uns conselhos para não começar no escuro

  • lucascastanho31

    TatoTarcan #RAULLL!!!

  • CacodePaula

    Caco de Paula – O Arqueólogo da Cavalaria Geek
     Tenho que confessar: – Fiquei embriagado com o tema deste podcast!
    Recentemente, apresentei o Ultrageek para minha senhora e ela já se tornou fã!

  • O Highlander

    Isso! O que importa pra mim é a sensação posterior causada pelo álcool. Uma vez a minha esposa me perguntou porque eu não tomava apenas uma ou duas latas de cerveja, porque tinha que ser no mínimo quatro. Minha resposta: qual é a graça de tomar uma lata se não tem efeito nenhum? E pra ficar bom mesmo só a partir da sexta lata!

  • O Highlander

    RAULLL CAVALARIA!
    Desse assunto eu conheço muito! Tem a cerveja com álcool e a sem álcool. Eu só gosto da primeira…

  • adriano sintate

    Sintate pai 65 anos e Sintate filho 32 anos
    Salve, salve cavalaria, em primeiro lugar, sim, eu e o Sr. Sintate admitimos estamos devendo umas cervas artesanais para vcs, portanto vou reproduzir as sabias palavras que o meu velho pai diz quando a gente está tomando as brejas e toco no assunto, “- Ah eles sobrevivem, eles estão muito novos para tomar cerveja, se sobrar alguma coisa a gente faz um kit para eles!” mas como nunca sobra, a gente sempre deixa para a próxima remessa, que também nunca sobra.
    Mas meus caros amigos, não vim falar sobre as suas cervejas que um dia iremos lhes entregar, eu acho, venho aqui humildemente contar-lhes como a cerveja nos salvou, sim caros amigos, eu e o Sr. Sintate, recentemente nos separamos de nossas respectivas esposas mais ou menos na mesma época ficamos tristes, e um pouco perdidos com a situação, sendo que em uma dessas tristezas um de nossos amigos que já era um cervejeiro artesanal, vendo as nossas tristezas, nos convidou para ajuda-lo a fazer cerveja, como não tínhamos nada melhor para fazer resolvemos ajuda-lo e relaxar um pouco na companhia dos amigos, resultado disso, gostamos tanto da brincadeira, que virou um hobby e todo o final de semana fazemos cervejas diferentes, criamos atualmente 4 receitas e testamos receitas de amigos e compartilhamos com outros cervejeiros, inicialmente começamos com um kit que produzia 5 litros que era insuficiente para nossas necessidades, passamos então para 20 litros que já não está mais atendendo as nossas necessidades, e a duas semanas recebemos o nosso kit para fazer 50 litros de cervejas, atualmente gastamos em média uns R$ 1000,00 por mês com maltes, fermentos, lúpulos, e equipamentos. tudo em nome da nobre arte de fazer cerveja, e graças a cerveja compramos uma casa nova para morarmos e que com espaço para o nosso hobby e juntar os amigos, nos divertimos muito mais juntos como pai e filho, e se nossos planos correrem bem ano que vem eu e o meu velho e nosso amigo cervejeiro vamos abrir oficialmente o nosso bar e cervejaria, motivo pelo qual estamos meio afastados dos comentários.
    e somos categóricos em afirmar que estamos muito felizes e tiramos uma importante lição disso tudo, qual seja, ficar bêbado com a sua própria cerveja não tem preço!

    um grande abraço a todos, e desculpe pelo comentário gigante.

    Sintate filho e sintate pai! 

    ps 1: eu e o sr Sintate estamos criando uma receita de cerveja para a cavalaria geek, que vamos disponibilizar para todo mundo, só que a gente está meio na duvida do que colocamos de malte nela, a primeira receita nós fizemos com malte de wisky, só que a gente acha que falta alguma coisa para complementar a receita, e gostaríamos da opinião de todos. 

    ps 2: segue  abaixo um link com um vídeo que eu e um amigo cervejeiro fizemos explicando como fazer uma cerveja, bem como, um link para uma associação de cervejeiros artesanais para quem quiser se aprofundar no assunto.
    https://www.youtube.com/channel/UC_fpsQ9JSQxov1_6Vdys8PA

    http://www.acervapaulista.com.br/

  • jesusrnunes

    opaa , vei não me ofendo facil , sabe como é, perdoo  todos , kkk , milagre ta foda ultimamente … antes que eu me esqueça , um vinho e um pão molhado é muito melhor q cerveja vei rsrs abraço

  • DiegoLuigi o encanador

    PS1: Esse comentário só terá PSs;
    PS2: Sempre quero fazer comentários gigantes e nunca comento;
    PS3: Obrigado, muito obrigado pela capa desse episódio;
    PS4: Quando sair Silent Hills;
    PS5: To morando com um amigo cervejeiro, aprendendo aos poucos e bebendo aos montes;
    PS6: Estou em Sampa uma vez a cada duas semanas (trabalho/estudo), mas fiquei sabendo dessa do catarse tarde demais, visitá-los-ei quando assim merecer;
    PS8: Tive que mudar a senha do Livefyre, o que adiou em duas horas o lançamento desse comentário;
    PS9: Sim, eu pulei o PS7;
    PS10: Até a última ponta.

  • Vanguard

    CacodePaula a minha esposa fala que é coisa de babaca ficar escutando podcast…. mas me faz assistir Maria do Bairro! por favor me sacrifiquem para Deus e doe meu cérebro para a ficção científica (garanto que a ciência nunca iria querer tal abominação)

  • AdoViana

    2 coisas que me desagradaram nesse cast. 
    Saber que to Tato:
    1º Fuma.
    2º Gosta de Kaiser Radler. 
    De resto, parabens meninos! Cast foda!

  • StefanPasoldDamacena

    #RAULLL Marechais, Sobre Cerveja, Blumenau, Oktoberfest, cervejas artesanais, aguardamos os marechais de braços abertos.
    Abraços!