Ultrageek 138 – Socialismo

Ultrageek 138 – Socialismo

RAULLL CAVALARIA GEEK!

Nessa semana, vamos continuar o assunto polêmico do último Ultrageek… Sim! Falamos de capitalismo, agora é hora de debater o outro lado da história, o socialismo! Mas não se assuste, a ideia é gerar uma discussão saudável sobre o assunto, então, vamos abrir o coração e encher o post de comentários lindos e inteligentes, ok? ;D

Representante do proletariado convidado:
– Raphael Calmeto (Calmeto.com)

Nesse episódio: Conheça os 50 tons mais escuros do socialismo, não tome banho, fume mas não trague, entenda a diferença da ditadura do capital para a ditadura do proletariado, assuste-se com o Deus dos maconheiros, saiba qual a leitura que te deixará sem dormir, veja o paralelo entre o socialismo e o universo de Star Trek, descubra como uma vaca gera riquezas e espere a obra de Karl Marx no cinema!!!

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • paulapiva

    Essa eu quero ver o prof Maury tentando convencer a galera de q Socialismo > Capitalismo… preparem o octagono….

  • Rodrigo Dias

    Primeiro acho que temos bons exemplos
    de capitalismos sociais como Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia,
    que praticam o Welfare state, e aqui na america um bom exemplo é o
    Canadá.

    Agora como dúvida genuína mesmo, o
    que move a inovação no socialismo ?

  • VictorKen

    Raulll Generais, meu nome é Joao Victor e parabéns pelo excelente serie de podcasts, me fez relembrar as varias horas de discussão com minha ex sobre a melhor forma de controlar os humanos kkmk, um beijo Marília, acho q isso não vai contra a ordem de afastamento.
    Bem eu fui criado para achar q os homens não deveriam estar no poder e a cada ano q passa isso se torna mais certo pra mim, acho q a única chance da humanidade é colocar os robôs no poder e estou lutando por isso.

  • calmeto

    Salve salve camaradas socialistas!

    Em primeiro lugar, quero fazer público meu agradecimento
    pelo convite. Vocês são incríveis e a experiência foi tão incrível quanto.
    Estava com saudades de uma gravação “marota”…
    Ouvi o programa na esperança de não precisar fazer
    retificações, mas não tem jeito. Sempre falo umas merdas. Portanto, já faço
    três mea-culpas:
    1 – Em algum momento me refiro à minha namorada como “minha
    mulher”. Equivoco machista, sorry. Tá difícil desconstruir essa escrotidão de
    sentimento de posse em relacionamentos.
    2 – Esqueci de citar, e acho necessário, que há uma
    experiência de filmagem do O Capital, sim. É um pequeno filme de NOVE FUKING
    HORAS! De um diretor alemão chamado Alexander Kluge, já vi alguns trechos e
    achei beeeem interessante.
    3 – No momento que discutíamos educação, usei a expressão “o
    capitalismo que criou”. E acho que dei essa ideia outras vezes também. Se eu
    pudesse voltar no tempo, usaria a expressão “o capitalismo que mantém”. Regra
    da Física que um herege como eu esquece de vez em quando: nada se cria, tudo se
    transforma.
    É isso (por enquanto). Sou tão sem noção que, num podcast
    geek, falei que há uma falha de roteiro em Star Trek. Já estou acionando meu
    seguro de vida… 😉
    Abraçaço e sucesso à todos!

  • Ivan

    Muito interessante o episódio, como no anterior não foi possível
    falar do sistema pelos méritos e defeitos dele mesmo, sem comparar com
    outros.
    Teria sido legal dar o contexto da época em que Max escreveu suas teorias, a Rússia ainda era feudal, em pleno século 19, e a Alemanha, onde Marx nasceu, era governada pelo Kaiser Gulherme I, um defensor do absolutismo, somado à revolução industrial na Europa ocidental, como Luciano Pires contextualizou na passagem do regime feudal para o capitalismo.
    No mais torço para que voltem ao tema economia no futuro, abordando outros sistemas, como feudalismo, anarquismo, ou até falando sobre sistemas políticos, como monarquia, parlamentarismo, etc. sempre com essa pegada geek e serelepe.
    😉

  • AndreWallaceMarq

    não tenho muita coisa pra falar sobre isso, opinião é opinião (e se discute sim), mas vale notar http://frenchchairs.tumblr.com/post/74483084203/it-is-an-unusual-school-in-an-unusual-location-and
    ps. isso aí não é span, nem jabá, nem nada parecido, só saberão se clicarem 😀

  • Ronin (Koudi)

    Olá cavalaria…
    Agora com os dois lados expostos, me sinto um pouco mais a vontade para comentar…

    Realmente é difícil separar os sistemas econômicos dos políticos, mas independentemente disso, no minha opinião, o grande problema quanto os sistemas, são as pessoas, como citado nesse episódio. De modo geral, vejo que as pessoas só pensam no bem do próximo se e quando os seus próprio anseios estão satisfeitos, e isso se agrava quando elas obtém poder, pois este facilita a obtenção de tudo, seus anseios ficam ainda maiores. Claro que existem exceções, mas poucos são incorruptíveis e essa corrupção pode nem mesmo ser pelo dinheiro ou qualquer coisa material.
    Acho que o sistema econômico deve sim evoluir, mas de maneira gradual de acordo com a sociabilização de cada indivíduo em relação à população, ou seja, só quando conseguirmos pensar no bem geral antes do nosso.
    Agora pontualmente quanto ao socialismo, eu não sei se é devido a “doutrinação” que recebi desde meus tenros anos ainda no ensino fundamental até o momento em que comecei a entender essa joça, mas eu sempre me via muito a favor do socialismo e de toda a sua ideologia, igualdade, liberdade etc. Mas conforme fui crescendo, comecei a notar que a escola só me ensinava quanto o socialismo era lindo e o capitalismo uma merda, e isso me fez  começar a defrontar as duas ideologias. Hoje apesar de ainda achar lindo tudo que o socialismo prega, vejo que não existe maneira viável de dar certo, ao menos não enquanto eu não conseguir ver o ser humano de outra forma. Acho que o sistema fracassaria independente do número de tentativas de que se fizesse, assim como já fracassou em todas as anteriores, antes que alguém fale que cuba ou coreia norte estão de pé… bom não acho que sejam exemplos de sucesso, apesar de ainda estarem “usando” tal método. E apesar de sua beleza teórica (em relação ao social), não vejo como um sistema extremamente estável pode vir a evoluir continuamente, e isso pra mim, é o pior problema do socialismo.

    O capitalismo por sua vez, acaba dando mais espaço pra uma evolução contínua, só que mais uma vez, devido a minha visão da raça humana, comprometendo ao extremo ao extremo o lado social, muita riqueza na mão de muito poucos deixando uma vasta gama da população na miséria. Porém, me parece mais fácil lidar com alguns poucos muito ricos do que uma máquina estatal gigante que detém todo o poder.

    Sei lá… a única coisa que tenho certeza hoje, é que independente do sistema econômico adotado, se não for mudado a mentalidade da classe política nenhuma conseguirá mudar o Brasil… quanto aos outros países, a minha informação ainda é muito escassa para emitir qualquer opinião.

  • AnselmoPanda

    Ótimo programa pra se ouvir em outubro num submarino vermelho.

  • L ucas Limao

    Curto o Socialismo não

  • jinhofiction

    aff seu cylonio :@

  • Re_Jr

    Só uma pergunta, com o socialismo seria possível eu estar ouvindo este podcast?

  • Como o batizado trabalha em “gel” processamento, fiquei imaginando ele ser batizado como o Soul Glo da cavalaria.

  • matheusberne

    Re_Jr  Só rádio irmão!

  • ciromessias

    Raulll Geeks! Como vão? Bem, nem preciso dizer que ouvir esse Ultrageek demonstrou exatamente aquilo que penso. Apesar de por causa do meu último comentário ter sido taxado de petista, não o sou, mas simpatizo muito com o partido e sua história. E o Calmeto pontuou perfeitamente o lance do PT não ter sabido fazer autocrítica, e isso desgastou a imagem dos caras.
    Enfim… vocês são uns lindos! Raulll!!!!!

  • Roberto Andiara

    Rauulll!!!

    Então, durante a leitura de comentários/emails (mais ou menos em 1h9min), vocês dizem que não conhecem o Grupo CCR, supondo que ela atua apenas no Estado do Rio de Janeiro. 
    O que vocês não sabem, é que o Grupo CCR controla várias rodovias em São Paulo:
    – Rodovias dos Bandeirantes e Anhanguera, pelo Consórcio AutoBan (tentativa canhestra de fazer referência às Autobahn alemãs);
    – Rodovias Raposo Tavares e Castello Branco (CCR Viaoeste);
    – CCR RodoAnel, que controla o trecho noroeste do RodoAnel; 
    – CCR SPVias, que controla as rodovias Castello Branco, João Mellão, Antonio Romano Schincariol, Raposo Tavares e Francisco Alves Negrão.

    Além destas rodovias, o Grupo CCR controla também a Linha 4 Amarela do Metrô de São Paulo, o sistema de pagamento automatizado de pedágios conhecido como Sem Parar e a famigerada empresa de inspeção ambiental veicular, a Controlar.

    Pois é, Caros Generais. Vocês podem não conhecer o CCR, mas já utilizaram muitos serviços que eles controlam.

    E antes que perguntem, não, eu não trabalho para esta empresa.

  • paulapiva

    Não me lembro se foi nesta leitura de emails ou na anterior que vcs comentaram sobre os VANTs e não sabiam o q era:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Ve%C3%ADculo_a%C3%A9reo_n%C3%A3o_tripulado

    É como se fosse um drone, mas diferente. A grande diferença talvez seja a aparência, não sei dizer ao certo

    Sobre Socialismo x Capitalismo… eu tbm quero que o mundo de Star Trek seja realidade

  • paulapiva

    Re_Jr  isso é “bule”

  • Roberto Andiara

    paulapiva Re_Jr  faz um café pros mano! 😛

  • igudima

    Raul!!!!

    Olá amigos, tudo bom?

    Ouvi os dois programas em seguida, mas vou comentar tudo aqui, mais fácil (até porque os temas são totalmente complementares).

    Bom, eu acho que infelizmente não inventaram algo mais aplicável ao ser humano do que o capitalismo. Infelizmente, o socialismo como sistema social não funcionou ainda, por conta da própria natureza humana. 

    Adorei os dois episódios, muito bom mesmo!

    Abraços!!

  • Roberto Andiara  Mto foda isso!!! = (

  • masreis

    Tenho um amigo de Cuba e ele nunca me falou como era por lá. Já perguntei, mas vi que gera um grande desconforto em todo mundo.

    O que pode ser mais irônico do que um socialista morando em mansão vitoriana? E andando de Mercedez? Certo dia apareceu na TV um político de certo partido, saindo de uma BMW e falando sobre programas assistencialistas.

    O socialismo deveria ser socialista. Mas vejo que o socialismo é apenas com o dinheiro dos outros. Isso não é justo.

    Mas aí tem uma série de considerações. Depende muito do povo. Se perguntar na Finlândia, aquele país com a melhor educação do mundo, eles querem uma educação cada vez melhor. Se perguntar naquele outro país na América do Sul, todo mundo quer viver pendurado no governo. São formações diferentes. Se perguntar na França, um país com o socialismo mais correto, na minha opinião, todo mundo sabe que se o país quebrar, quebra para todo mundo. 

    Isso é difícil. Mas eu queria mesmo que a gente estivesse andando para frente. Infelizmente, estou vendo o Brasil andando de lado e perdendo um ótimo momento histórico para ser primeiro mundo.

  • Roy Mustang

    Durante o cast foi dito em gargalhadas que socialista come criancinhas. Eu sugiro q não se brinque com isso, pois essa expressão tem origem durante o Holocausto Ucraniano. Não vou me estender, vou deixar apenas um trecho do artigo e o link

    “Most peasant families had five or six children, and some mothers killed their weakest children in order to feed the others.”

    http://www.faminegenocide.com/resources/ukraine_famine.html

  • Roy Mustang

    Olá Ronin (Koudi) vou tomar a liberdade de pegar um trecho do que tu escreveu e colocar minha opinião.

    “se não for mudado a mentalidade da classe política nenhuma conseguirá mudar o Brasil.”

    A classe política só vai mudar quando a sociedade mudar e se envolver mais em política. Como se faz isso? No dia a dia, tentar conversar sobre temas mais sérios, menos futebol, mais macroeconomia, mais conscientização sobre carga tributária, explicar para quem não sabe o que é dívida pública ou simplesmente sobre literatura. Menos futebol, mais outros assuntos. 

    Isso na minha modesta opinião de merda 😉

    Abração.

  • StefanPasoldDamacena

    #RAULLL Marechais, outro cast brilhante provando que o ultrageek não é feito somente dos cast’s de putaria , parabéns pelo excelente trabalho.
    Abraços!