Ultrageek 114 – Distrito 9

Ultrageek 114 – Distrito 9

RAULLL CAVALARIA GEEK!

Ultrageek novo no ar… e qual o assunto da vez? Um dos filmes de ficção científica mais f*das feito nos últimos dez anos: Distrito 9! Camarões, apartheid, aliens, África do Sul… Tudo isso e muito mais em mais uma clássica discussão filosófica sobre um de nossos filmes geeks favoritos!!!

Convidados não humanos:
@MarceloSalgado" href="http://www.twitter.com/marcelosalgado" target="_blank">Marcelo Salgado
@Ocktock" href="http://www.twitter.com/ocktock" target="_blank">Ocktock (Máquina do Tempo)

Nesse episódio: Viaje na análise da obra de Neill Blomkamp, encontre a semelhança entre a abóbora e um alien, descubra a miséria interplanetária, imagine um filme com aliens GLBT, discuta a segregação, denuncie um não humano e coma um camarão na moranga!

ELYSIUM

  1. LINKS DO PROGRAMA
  2. CAVALARIA GEEK: SET PHASERS TO STUN
  3. WeCast – Nossa recomendação de app para ouvir podcasts
  4. Geek Talk #18 – A visão por trás da maçã

 

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • CATZO!!!! Que puta tema genial!!! Eu aluguei esse filme em Blu-ray um tempo atrás e simplesmente AMEI! O filme é espetacular!!! Bora baixar para ouvir 😀

  • Caco de Paula

    Será que sou humano???? Sera que este podcast irá me dar uma resposta??? Será RAULLL uma mensagem subliminar ou um mantra da nova ordem mundial???

  • Valente, o Guilherme Sansoni(33, Analista de Sistemas, São Carlos -SP)

    Fala Tato e Maury,
    Simplesmente fodástico!!! Distrito 9 foi um dos melhores filmes da temática alien que eu já assisti, talvez o melhor, pela forma inusitada de critica social que ele abordou, pela campanha publicitária que o precedeu, que eu pude acompanhar… Uma ficção científica, que inicia como um “mockumentary” e que mostra um cenário social de segregação, medo do desconhecido e subjugação de quem não tinha condição de nos subjugar… Não nego que o nome “Peter Jackson” me chamou a atenção pra esse filme, mas logo entendi que isso era só um chamariz… A natureza humana de subjugar e segregar o diferente, e o que é considerado “diferente” está aí: negros, judeus, índios, imagina como não seria com não-humanos? Essa visão Blomkamp foi muito bem retratada, num filme bem feito e executado, que pra mim também merecia uma continuação, e que acredito que virá, no tempo certo….
    Valeu Cavalaria Geek!!!

  • Raulll!!!

    Primeiramente um RAULLL ao Valente, que junto a mim compartilha um nome zuado. haha (no bom sentido, claro).

    Quanto ao filme, ele é muito PHoda, na época do lançamento vi várias críticas e fui com olhos preparados e atentos, mas ainda assim o cast trouxe muito mais conteúdo.

    Já estava pilhado por Elysium pela ficção cientívica e Wagner/Linda Alice, agora que descobri que ele possui essa carga de conteúdo, estou muito mais.

    Grande abraço galera, RAULLL!!!

  • Valente, o Guilherme Sansoni(33, Analista de Sistemas, São Carlos -SP)

    Raul Leão Lobo!!!! Nossos nomes são os mais zuados, mas são os melhores!!.. po, eu desde os 16 anos tenho o apelido de Leão(e todas suas variações: Leãozinho, Lion-oh, o próprio Leão Lobo, ao ponto de ter pais de amigos meus que não sabem meu nome, mas me conhecem pelo apelido) então eu tô acostumado… hahahahaha.

  • Bloopers: aliens ao óleo de milho, tomates picados, leite de coco, pimenta dedo de moça e azeite de dendê. Sem tanto tempero, seria comida japonesa.

  • Gilleade Louback O Ferreiro

    Tanto pelo nome do diretor como pelo que trouxe de novo esse foi uma explosão Neill >>Blom<<kamp

  • Rogério Calsavara, 40 anos, Economista, Campinas-SP e sem nomeação na cavalaria

    RAULLL Cavalaria!!!

    Ótimo tema! Distrito 9 é um filme muito bom! Infelizmente, ao contrário do Prof. Maury, eu acho que a maioria das pessoas não se tocaram da temática social. Isso porque o nível cultural do brasileiro médio está muito ruim. Muito ruim mesmo!!! Trabalhei com pesquisa em educação por um tempo e vi cada coisa de arrepiar. Um nível cultural baixíssimo e uma dificuldade assustadora de se expressar através da escrita! E estou falando de professores do nível fundamental!! Se o nível dos professores já é péssimo, imagine dos alunos. Por isso acho que a grande maioria dos que assistiram o filme não tem nem ideia do que foi o apartheid.

    E os bantustões então? Como pode ter existido uma coisa dessa? Direto da Wikipedia: Os bantustões foram pseudoestados de base tribal criados pelo regime do apartheid na África do Sul, de forma a manter os negros fora dos bairros e terras brancas, mas suficientemente perto delas para servirem de fontes de mão-de-obra barata. O bantustão era território supostamente autônomo, mas na verdade controlava a população negra, que só podia deixá-lo se fosse trabalhar nas áreas brancas e para isso recebiam uma espécie de passaporte. Portanto, os negros, privados da cidadania sul-africana, eram usados como mão-de-obra controlada pelos brancos, não tendo outra alternativa senão servi-los.

    O governo estava querendo levar os alienígenas para um bantustão…

  • Rodrigo Jack

    O ultrageek está cada vez melhor.
    Sempre nos fazendo assistir um filme novamente, mas com outros olhos.
    Ps.: vcs já pensaram em fazer game player?

  • Rodrigo Jack

    O ultrageek está cada vez melhor.
    Sempre nos fazendo assistir um filme novamente, mas com outros olhos.
    Já estou estudando para o Ultrageek sobre star war.
    Ps.: vcs já pensaram em fazer game player?

  • Maycow Meira

    Era uma vez um blog em 2009 com três posts.
    Um deles era sobre Distrito 9.
    E ele era meu.
    Até eu já fui blogueiro! #ProntoFalei
    Infelizmente não consegui achar ele pra postar aqui…
    Ótimo cast! Congrats!

  • Fala Generalíssimos!!!!

    Distrito 9 é um dos melhores filmes de ficção científica/ação dos últimos anos, e a crítica social nele incutida é cristalina e muito bem abordada. O que mais me agradou no filme foi o fato de que ele tem uma visão bastante racional da reação natural que a a espécie humana teria de uma invasão alienígena. Pessoalmente acho que a visão tradicional de que qualquer que seja a chegada de seres extraterrestres na Terra, essa seria uma invasão violenta com repercussão negativa pra nossa espécie, é um reflexo natural de todas as “descobertas” que uma sociedade dominante já tenha feito sobre outra sociedade ao longo de todos os tempos no nosso próprio mundo. Esse filme mostra exatamente o contrário. Os Camarões muito embora em menor número, e totalmente ferrados, não demonstram a princípio nenhuma relação de hostilidade em relação aos humanos. E as poucas reações violentas que eles apresentam são em resposta aos ataques dos humanos. É praticamente um tapa na nossa cara. Adoro esse filme, e fico feliz com a abordagem que vocês fizeram! Sensacional!

    PS: Só queria dizer que a única diferença entre o segregacionismo sul-africano e o Norte-americano, é que na África do Sul era institucionalizado. No sul dos EUA era exatamente igual, e tem reflexos sociais até hoje. Não sei dizer qual é o pior.

    PS2: Sou fã do Nelson Mandela! Esse cara é Foda!

    Die Macht ist ihre!!!

  • Yuji Negoro

    Muuito bom…

    Só uma referencia…o link com as fotos propagandas do Distrito 9 nos EUA

    http://www.worstpreviews.com/headline.php?id=13761&count=0

  • adriano sintate – 31 anos – assistente juridico e estudante de engenharia – são bernardo do campo, SNCG

    Salve, salve, Cavalaria, gostaria de parabenizar os participantes do cast, pela analise critica e social do filme, que mostra o lado negro do coração humano, no quesito de oprimir e subjugar os ditos (abre dedinhos de aspas) seres inferiores. Portanto, gostaria de saber como faço para denunciar meu CÚ….nhado, para o governo, pois acredito que o mesmo é um alienigena alienado, devido a sua falta , galopantemente desenfreada indiscriminada de inteligência, acredito que a pobre coitada da minha irmã já foi abduzida, pois a mesma já esta enfrentando os sintomas acimas citados.

    abraços

  • Eduardo Garcia

    Tato e Maury primeira vez que faço um comentário e será uma sugestão.
    Quando vocês forem falar sobre algum filme, livro ou algo do gênero coloquem no post se o podcast vai ou não dar spoilers sobre o tema do podcast.
    Um abraço.

  • Esse é um dos meus filmes favoritos, além de ser uma critica social foda é a melhor aparição de um Mecha no cinema.

    Um fato interessante que não foi apontado por vocês no cast é que durante as entrevistas para o filme o diretor fez entrevistas reais, alguns dos entrevistados são de uma favela em Johannesburgo, e não sabiam que a entrevista era para um filme de ficção, foi apenas perguntado a eles o que achavam dos “illegal aliens”, e eles acharam que a pergunta era relacionada aos zimbabuanos que passaram a imigrar para a África do Sul.

    Segue link com a informação: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u626184.shtml.

    Abraços. No aguardo do Ultrageek – Scott Pilgrim.

  • Hiro

    Tá tudo mto bom, tá tudo mto bem, mas e a data do campeonato de taco e o meu convite?

    Bom programa. (Editado por @ftarcan)

  • Rogerio Missio, 41 anos, Campinas, o papai noel da cavalaria Geek!

    Sensacional a discussão sobre distrito 9. Realmente nos fez pensar. Mas logo no começo um dos wergeekianos (vocês dois tem a mesma voz pra mim) disse que provavelmente os alienígenas seriam animais inferiores, ja que não souberam como consertar a nave e dar o fora. Eu não penso assim. Vamos imaginar que nós todos da cavalaria Geek vamos viajar de busao para Aparecida do Norte, e o busao quebra no meio do nada, onde não passa ninguém e nem há sinal de celular. Vamos imaginar também que não há nenhum nomeado mecânico entre nós. O que aconteceria? Provavelmente ficaríamos lá passando fome, todos os médicos, advogados, analistas, engenheiros, podcasters, todos seres inferiores. Ta bom, o exemplo do busao talvez não seja dos melhores, podemos evoluir para um transatlântico avariado no meio do pacifico. O que vocês acham? Somos ou não somos inferiores? Independentemente disso, somos todos dependentes da tecnologia (nós e os “pitus”). Raulll e ho, ho, ho feliz natal!

  • Ps.: O apelido dos aliens no filme em inglês é “Prawn”. Isso os rebaixa da mesma forma como os brancos tratavam os negros chamando-os de crioulos.

  • StefanPasoldDamacena

    #RAULLL Generais, Lembro que as 3 primeiras vezes que fui ver Distrito 9 eu adormeci em menos de 15 minutos e acabei desistindo de assistir, mas depois de ouvir o cast fiquei com vontade de ver ele de novo.
    Abraços!