Ultrageek 109 – História dos Games (de 32 BITs até hoje)

Ultrageek 109 – História dos Games (de 32 BITs até hoje)

RAULLL CAVALARIA GEEK!

E no Ultrageek dessa semana, cumpriremos uma promessa feita faz quase dois anos… Acreditem, vamos concluir a a jornada que começamos no WeRgeeks 60 e falarmos da história dos games dos 32 BITs até hoje! Do Nintendo 64, 3DO, PlayStation, até Xbox One, Wii U e PS4!!! ;D

Convidado pixelado:
– @Vivacqua" href="http://twitter.com/vivacqua" target="_blank">Carlos Vivacqua (Cidade Gamer)

Nesse episódio: Perceba que está ficando velho, doe um console portátil para o Tato, curta um som manero com maracas e bongôs, se assuste com o menino/menina do Prof. Maury, acenda o bilboquet de luz e demore gerações pra sair da faculdade!

  1. LINKS DO PROGRAMA E LEITURA DE E-MAILS
  2. IMAGEM – Game Boy Micro

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • first!!!! hahahaha

  • Acho que a geração passada foi a única em que tive dois consoles… um PS2 pros RPGs e um XBOX pros multiplataforma e Media Center (função que era a mais usada!). Aliás até home o software XBMC (Xbox Media Center) é um dos mais utilizados para essa função com a sua versão para PC. Lembro que coloquei um HD de 250 Gb no Xbox e tinha todas as séries, animes, filmes; dentro do “brinquedo”.

    Agora estou no empasse da próxima geração. Como fiquei apenas com o PS3, não sei se irei só de PS4 ou se justificaria ter o XONE tb.

    O que o casal mais lindo da interwebs me diz?

  • Guilherme Sansoni(33, Analista de Sistemas, esperando a nomeação, São Carlos -SP

    Fala Geeks!!!
    Muito bom, com o grande prefeito Vivacqua(mas faltando o Tutu) fala sobre games e consoles foi sensacional… fui dono de um PS2 que explorei bastante… mas hj estou refém do Steam!!! Mas eu queria comentar algo sobre a nomeação, pois foi nomeado um grande amigo pessoal meu.. o André Soares Nascimento, com quem fiz faculdade e até chagamos a morar na mesma república por bastante tempo… só tenho a dizer que estou orgulhoso…

    RAAAULLLL!!!! o/ RAAAULLLL!!!! o/ RAAAULLLL!!!! o/

  • caralho q burro… dá zero pra mim! escrevi impasse com E !

  • Parabéns pelo ótimo episódio meus queridos!

    Infelizmente não pude acompanhar de perto a última geração, só acompanhei ela através de amigos e vídeos no youtube. Fui até o Nintendo DS onde joguei muito…….. Pokémon. E não foi qualquer Pokémon, foi os “remakes” do Red/Blue lá do gameboy classic, que tive o enorme felicidade de ganhar de natal. Playstation 1 é um dos consoles mais importantes de minha vida! Final Fantasy VII eternamente em meu coração, mesmo não sendo o meu FF preferido. Como bem disse o querido prefeito Vivacqua, uma estação de jogatinas, músicas e filmes numa qualidade MTO porca colocados dentro de um CD.

    Espero que a Nintendo de a volta por cima e consiga voltar ao páreo dos consoles de mesa. Mesmo a realidade não dando bons sinais disso, torço para que numa próxima geração ou até mesmo nessa, a Nintendo de um “truco” e consiga voltar para os holofotes.

    Mas entre todo esse mar de gerações e consoles, sempre vou preferir jogar o bom e velho Super Nintendo, Mega Drive, Nes… caso não tendo esses consoles em casa, pode ser através de um emulador no PSP ou até mesmo em remake num portátil da Nintendo.

    Um grande abraço!

  • P#RRA fui batizado… “ao som da música clássica”

    Mas aproveitando o assunto, eu só tive Atari, mas quando todo mundo tinha NES e Phanton system, Master System, mas quando todo mundo tinha Mega Drive e SNES e pulei todo o resto direto para o PS3 e acabei de ganhar um Xbox 360 de presente de casamento da minha esposa…

    Como no post só tinha a imagem do GB micro, eu resgatei aqui um link para quem quiser ver o aparelho jogador de pokemon e tetris que sobreviveu à guerra do golfo – http://gameboyclubbrasil.wordpress.com/2013/05/24/game-boy-um-sobrevivente-da-guerra-do-golfo-1990-1991/

    E mais um post no google plus com imagens e links para a história das gerações de video games! https://plus.google.com/u/0/103293320710135357311/posts/E2XGybcb9dJ

    Gui Sansoni, valeu pelo apoio cara – RAUL PRA NÓS :~)

    RAUL!

  • Rodrigo Bexiga – Analista de Suporte – 28 anos – São Carlos SP – Sem cargo na cavalaria

    Faaaaala meus queridos mario verde e mario vermelho, podcast muito foda com o nosso prefeito Carlos Vivacqua.

    Lembro do meu primeiro video-game, que foi um Atari, passava horas jogando com meu pai boxe e o Snoopy, quebramos varios controles nos jogos de olimpiadas, depois ganhei um Phantom System, passava raiva com os caça fantasmas, mais tarde o Game Boy tijolo, MEU DEUS, pokemon cagando, pokemon na escola, pokemon em todo lugar, depois vieram game boy color, Mega Drive, video-game esse que peguei na troca de uma bicicleta, bicileta essa que era da minha irmã, irmã essa que não sabia nada da troca.
    Sou uma viuva da Sega tambem, vendi meu Dreamcast e meu Sega CD só para poder comer uma mina, comi, mas fiquei sem meu Shenmue e meu Tomcat Alley, maldita ex namorada.
    Enfim, fui do play 1, que tinha uma sacola de cds piratas, que não joguei nem a metade, direto para o XBOX 360, e estou muito feliz com a minha caixa.
    Desculpe pelo comentario gigantesco, é que me empolguei com o assunto, e um podcast deste garbo e elegancia merece comentarios com conteudo, não apenas coisas como: FIRST, desculpa quem escreve isso….kkkkk.

    Ps: Ninguem ta me comendo ai não, e se tiver quero camisas de graça. (Vide podcast do Batema)
    Ps2: Não consegui comentar sobre o ultimo podcast a tempo, ouvi e achei do caralho, parabens.
    Ps3: Não tenho, pois prefiro a Live
    Ps4: Não obrigado, vou de Xone.

    Raulll.

  • Einherjar

    Com uma jornada de quase 30 anos jogando Video-Games initerruptamente, foi honroso escutar este PodCast! Meus parabéns!

  • Guilherme Queiroz

    acho muito legal quando voces falam da historia dos consoles!
    outro ótimo podcast 🙂

  • Baixando um pouco atrasado, mas baixando.
    Raul!

  • adriano sintate

    RAUL galera, adorei o cast, e o mesmo me fez lembrar de ótimas, e boas histórias com os meus videos games, o primeiro foi um super nintendo de 16 bits, e depois as duas primeiras gerações de playstations, com a particularidade de ambos serem japoneses, pois o meu pai trabalhava no japão na época e me trouxe de presente, tanto que o meu primeiro jogo do play 1 era o Final Fantasy 7, que eu levei 1 ano e meio, para fechar, por causa da língua e do travamento de região.
    Outro console que eu tive foi o Dreamcast, da qual eu troquei pelo meu primeiro carro, um fusca chamado MEDONHO, ele era chamado assim pois o mesmo não tinha pedais de acelerador, freio e muito menos embreagem, e era considerado pela minha família como um peso de porta, e após 1 ano de reforma, o medonho me fez lagar os videos games, e jogar um dos games mais divertidos da vida do homem moderno, pegar muié e fazer muito e muito sexo, hoje eu não tenho mais o medonho mas as lembranças do banco traseiro dele são maravilhosas. (espero que a minha namorada não escute esse cast).
    portanto caros amigos da cavalaria, larguem o praystation e vamos caçar mulher!!!!!

    ps1. Tato a pronuncia do meu nome é Sintate mesmo, não está em inglês.

    ps2. gostaria de dar uma ideia de pauta por que vcs não fazem um cast falando sobre os trapalhões, pois seria muito bacana.

    abraços

  • Rauul Cavalaria! Meus caros, passei o início da semana fazendo maratona Ultrageek, fui casar e fiquei e fiquei 1 mês desatualizado dos podcasts, sempre fui ouvinte do “Vergix” e o Ultrageek está melhorando algo que já estava ótimo só posso dizer que não há no momento um podcast que eu goste mais de escutar do que este! Sério, está muito divertido e informativo, o formato no podcast 108 foi surpreendente então espero que façam mais alguns nesse formato talvez mais específicos, como os ” Top 10 Celulares que não deram certo” e “Top10 Playboys que não deram certo”… Enfim sobre o cast 109 sempre gostei dos acessórios dos videogames, e gostaria de destacar o memory card do Dreamcast que tinha uma tela, controle e botões e em alguns jogos tinham mini versões dos jogos dele jogáveis no memory card, sem falar na função de troca de dados onde 2 memory cards eram encaixados um no outro podendo assim fazer troca de save e venda de ítens.. apenas um detalhe mas uma das coisas mais inovadoras na época! Um abraço e até mais!

  • Não sei se foi só eu que achei, mas esse episódio foi praticamente uma continuação dos TOP10 gadgets mas agora falando bem do que é bom e falando mal do que é ruim.
    Caramba gente, esse Vivacqua é uma enciclopédia viva do vídeo game, o cara sabe muito, realmente nesse episódio fez toda a diferença explicando os consoles e tudo mais. Fiquei pensando na hora que falaram “Quando um console precisa ser atualizado fisicamente, algo está errado” rsrs, realmente, a maioria tentou e a maioria fracassou nesse sentido.
    Sobre essa parada de Xbox1 x PS2, Xbox360 X PS3 e assim por diante, eu acho babaquice ficar comparando cada um sabe o que é bom pra si e o que cada bolso consegue pagar.
    Ficou muito bom o cast, deu gosto de ouvir e ficar lembrando das bizarrices e coisas boas em relação aos games antigos e novos.
    Grande abraço galera e precisando estamos aí!!!

  • adriano sintate – 31 anos – advogado – são bernardo do campo

    Léo, eu não tive a impressão que vc teve sobre os top 10 gadgets, mesmo por que o cast foi mais voltado para os vídeo games, eu interpretei mais como um bate papo sobre o que já passou, o que está ativo, e o que está por vir no mercado de games.
    quanto ao vivaqua concordo plenamente com a sua opinião, acredito que tanto o vivaqua quanto o site cidade gamers, são referencias para quem quer ficar bem informado sobre o mercado de games.

    abraço

  • Roger Takada (33 Anos, Dekassegui, Correspondente Internacional da CG, Tsu-Shi/Japão)

    Acho superinteressantes episódios desse tipo, pois acabam ficando como referência sobre o tema.
    Minha carreira no games começou ainda na infancia com um Odyssey, depois passei muito tempo mesmo jogando “dos outros”, só fui comprar outro console pra mim quando já estava aqui no Japão, comprei um PS2. Mas sempre curti os games.
    Gostaria de ter mais tempo pra jogar…. quem sabe depois da TGS eu me inspire!
    Valeu geeks, o episódio ficou demais. RAULLL

  • Que isso queridos… me senti muito velho agora cara… Obrigado ao ~casal~ por nos trazer de volta esse tempo “bom” (mas nem tanto). Faltou so um virgin alert pro Vivacqua por saber tanto sobre games rssrsrs
    RAUUUULLLL

  • Rogerio Missio

    Acabo de receber minhas primeiras camisetas da Cavalaria Geek! E entre elas a sensacional, maravilhosa, exclusiva e confortável camiseta oficial da liga de BÉTS! Não sei exatamente se aqui é o melhor lugar para me manifestar, mas eu precisava contar pra alguém! RAUL! Ho, ho, ho feliz natal!

  • Meu nome é Rodrigo, sou escritor e diretor teatral e é a primeira vez que lhe mando mensagens ( my bad ) Ouço o podcast desde o começo e acho que vocês deram uma guinada para melhor – evitando trabalhar em um formato previsível e que se tornou comum na internet. sobre o episódio tenho a dizer que na época de PS1 a pirataria era algo até deselegante – e é verdade o boato na época que eles mão produziam mais PS no brasil, nem jogo original, por causa da pirataria? eu não sei porque na época eu ja tava hominho, trabalhando e pegando mulher, por isso para mim o snes é o melhor videogame e sempre será. Um abraço dois ótimos podcasters, que tenho como amigos no meu fone. Força Sempre!

  • Paulo

    Muito bom o podcast, conseguiram mais um leitor, Não da pra mim comentar alguma coisa mais elaborada porque estou na escola, mas parabéns, gostei muito xD

  • Gilleade Louback

    Prefiro jogar no pc

  • Melhor que muito documentário sobre o assunto 😉

  • Roger ‘koy’ Gelonezi

    Teve uma parte em que o Vivacqua fala “Sobe o Guns ‘n Roses” e fica dois segundos de silêncio; pude visualizar ele escutando o cast mais tarde e escorrendo uma lágrima solitária do seu olho esquerdo.

    Mais um grande programa galera, RAULLL!!!

  • StefanPasoldDamacena

    #RAULL Generais, Muito bom o programa o http://twitter.com/vivacqua  jogou as cartas na mesa e mostrou quem manda no assunto, não desmerecendo vocês lógico, meu ultimo console foi um Xbox 360 mas me senti frustrado…. Realmente depois de ter comprado um PC bom para jogos eu não consigo mais jogar num console como jogava antes, talvez por ser um jogador de MMO e por ficar entretido com amigos em um “RAIDCALL” ou “TEAMSPEAK” da vida isso me afastou dos consoles, não que eu não jogue outros jogos alem de MMO muito longe disso,  atualmente abandonei os MMO’S a grande sugadora agora é a STEAM.
    Abraços!