Ultrageek 100 – Swing e exibicionismo

Ultrageek 100 – Swing e exibicionismo

ATENÇÃO: PROGRAMA NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS.

RAULLL CAVALARIA GEEK!

Para o Ultrageek episódio 100, nada mais especial que fazer um programa com a temática que vocês mais gostam, pedem e esperam… isso mesmo, SEXO! E o tema da vez é swing e exibicionismo, então, vamos quebrar os tabus e falar abertamente sobre casa de swing, surubas, exibicionismo, fotos eróticas na internet e contar histórias pessoais que deixarão nossas futuras namoradas completamente assustadas! ;P

Convidados swingueiros e exibicionistas:
@CasalGames" href="http://twitter.com/casalgames" target="_blank">Rachel e Jay (Casal Games)
@Onifodente" href="http://twitter.com/onifodente" target="_blank">Lobão, o Onifodente (Santa Igreja da Onifodência)

Nesse episódio: compartilhe esse programa com seu/sua parceiro(a), aprenda a etiqueta em uma casa de swing, use preservativo, tire a sorte com a chave na vasilha, vá para casa de swing, tire uma foto erótica, exiba seu corpo sexy, frequente uma balada liberal e tome um mamilo na cara!

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • Juca

  • Internet is 4 porn na veia…

    @Juca… uma imagem vale mais que mil palavras

  • @limonadacomgelo

    Fala galera, Muito bom o programa Primeira vez que escuto um no dia do lançamento que tesão kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Guilherme Sansoni(33, Analista de Sistemas, esperando a nomeação, São Carlos -SP

    “Pata que partiu”!!! Mamilo do Tato!!! Arrrgh!!!
    Muito bom!!! A cara do podcast!! Gostei do conteúdo, gostei do convidados… Agora a minha opinião: não é pra mim… Acho que sou meio careta pra esse tipo de coisa, mas respeito… Não conseguiria “compartilhar” minha mulher, nem conseguiria transar com outra (mesmo até que fosse com o consentimento dela), mas em nossa relação acho que aí sim devemos experimentar… Mas acho que como falado no cast deve existir mais repeito nesse meio que em uma balada normal…
    Parabéns mais uma vez…

    Raulll!!! o/

  • Yuji

    Muuuuito Booommm!!!!

    Curti para caramba…e essa musica no final??? AHUAHUAUHAUHAUHAUH

  • Programa muito bom, assunto extremamente relevante! Temos que quebrar pré-conceito e abrir a merda da mentalidade do brasileiro que ainda é tão fechada!

    Abraços.

  • Paula Piva

    Parabéns meninos pelos 100 programas!!! Foi mto bom descobrir o wergeeks, péssimo para as minhas músicas q praticamente não são mais ouvidas, pois hj só ouço podcasts e sou hiper fã da podosfera.
    Que venham outros 1000 programas

    Vou comentar já, antes de ouvir, pq esse programa é melhor não ter nenhum comentário sobre o assunto, pode ser complicado. Mas o dia que as mulheres pararem de mimimi sobre sexo e resolverem se divertir, elas serão mais legais

    Vamos lá ouvir,

    Abraços

  • Helio dos Santos

    Primeira vez que venho comentar aqui no podcast pra dizer “como alguem podia ter alguma duvida sobre o que ia se tratar o ep. 100?!”, tipo, ngm acho que iria cravar o tema, mas é logico que ia falar de putaria!
    100 #RAULLLs pra vcs!

    ps: o dominio alternativo nunca foi tão valido, cheguei aqui pra comentar por ele hj.


    Estudante de Eng. de Controle e Automação
    Atualmente fazendo intercambio patrocinado pelo governo em Windsor, ON – Canada
    Sem cargo na cavalaria

  • Não sei o que comentar sobre a música do final huahuahua

  • Parabéns pessoal pelo episódio 100!!!!

    Boa noite pessoal!
    Puuuuta que pariu é o mamilo do Tato e olha que a primeira vez que eu vi a foto eu até curti, seus porras loucas!
    Infelizmente pelo principio do anonimato que explicaram aí no cast terei que fazer esse comentário sem o meu real nome. Para começar me familiarizo muito com o tema, vou começar a história do principio (ahh vah!).
    Morei junto com uma mulher durante 4 anos, eramos praticamente casados mas não tínhamos casado na igreja e nem no papel, eramos apenas ajuntados e tínhamos uma vida sexual muito boa, bem intensa que não diminuiu com o tempo, até que….certo dia estávamos assistindo uma matéria na TV falando sobre as casa de swing e de como funciona lá dentro e tal, a matéria foi bem bacana e quando acabou o programa ficamos com aquela idéia na cabeça. A partir dali a coisa começou rsrs
    Criamos um perfil com fotos no finado twitter usando a alcunha de “Casal Prazer” e ficamos trocando mensagem com casais, homens e mulheres procurando amizades e é claro sexo entre casais. Marcamos com um casal para tomar uma cerveja no shopping que ficava próximo a nossa casa e fomos lá para conversar com eles, resumindo a conversa saímos com eles dali direto para casa e a coisa pegou fogo, uns vinhos depois, uma boa conversa e fizemos tudo e mais um pouco com todo o respeito entre os casais.
    Nós sempre tivemos bem claro que a coisa era feita a dois, o esquema de ciúme e traição praticamente não existe pois está se fazendo tudo frente a frente, não tem nada a ser escondido e isso é realmente o mais gostoso.
    Fomos depois várias vezes em casas de swing e foi uma experiência muito boa, conhecemos muitos amigos legais que nem sempre transavamos, eram pessoas boas que visitavam a nossa casa no horário normal, vamos dizer assim, que conheciam nossos país e tinham uma certa intimidade, realmente foi uma época muito boa. Sobre as regras na casa de swing isso é realmente muito bacana, vocês não falaram no programa mas é interessante lembrar que a cada entrada e saída de uma mulher é importante trocar a camisinha e isso é sempre verificado pelos casais na ora do rala e rola, senão o sujeito põe a camisinha e sai metendo, isso não seria muito legal.
    Certa vez em um fim de ano fizemos um amigo secreto swing, onde sorteamos os presentes e os casais que iriam para os quartos, era 4 casais em 2 quartos, mas no fim da noite, estavam todos juntos fazendo aquela festa bacana. Outra coisa importante de ser falada é que a maioria dos casais são de pessoas bonitas, mulheres lindíssimas os homens nem tanto, mas isso claro é o normal rsrs.
    Vocês falaram também sobre os casais que a mulher vai para agradar o marido, isso geralmente não dá certo, ela fica com ciúme a noite toda e não é uma coisa legal, por isso o importante é sempre o diálogo entre o casal antes de entrar nessa vida, tudo tem que ser esclarecido e delimitado, se o casal não curte troca é só procurar outros casais que também não curtam, no nosso caso nos gostávamos de tudo, iriamos para a troca total e em algumas festinhas particulares ficávamos até em quartos separados pois tínhamos total confiança um no outro.
    Para finalizar a conversa foi o período que eu mais comi outras mulheres na minha vida, durante um relacionamento rsrs, realmente foi um bom tempo.
    Eu tinha umas fotos guardadas mas assim que o relacionamento acabou eu dei um jeito de apagar tudo para não expor ambas as partes.
    É isso pessoal, tudo de bom pra vocês!

  • Oi galera. É a primeira vez que eu escrevo no site e já ouvi uns 10 podcasts, acho o trabalho de vocês demais e hoje em dia quase não ouço musica mas estou sempre ouvindo o podcast de vocês. Obrigado por esta honra.

    Playstation 1: galbera eu juro que vendo o mamilo em miniatura no itunes achei que fosse um porco espinho rosa….rs.

    Playstation 2: Vou comprar uma camiseta de vocês a arte delas esta demais! Comprarei uma do guia do mochileiro das galaxias!

    Playstation 3: Seria incrivel participar um dia de um podcast com vocês, se for possivel ficarei honrado ! Tenho internet, fone, microfone e vontade! o/

    Abraço ! Um URRA! Só que dessa vez para vocês! 🙂

  • Olá Ultrageeks!!!
    .
    SENSACIONAL O PODCAST 100
    .
    Da maneira que eu suspeitei que seria, PUTARIA. Podcasts comuns seriam aquela retrospectiva e tudo mais. O WeRGeeks fugiu a regra, ISSO AE!
    .
    Quanto a casas de swing eu conheço superficialmente devido a ser adolescente enquanto passava um programa de casa de swing na Multishow. Bons sábados.
    .
    Enfim, sensacional o podcast, continuem assim e…
    .
    Tato.
    .
    Que mamilo.
    .
    Heavycast ~Jabá maroto~

  • caio

    vai bate recordes de views do site =p
    otimo podcast, parabens

  • Samurai, desenvolvedor de sistemas, Fpolis, SC

    argh =p

  • Ai ai…

    Acho q essa semana NENHUM podcast vai superar o ultrageeks…

    Tá sensacional…

    parabéns pelos 100 programas… alias…

    Um tema quase que relativo aos dia dos namorados, não?

    PS.: e esse extra… Muito bom!!

  • Igor R. Uehara (19 anos, estudante de agronomia, a espera de um cargo, Londrina; PR @igor_uehara)

    Inicialmente parabéns a dupla pelos 100 episódios de WeRgeeks e UltraGeek. trabalho genial, sensacional e aloprado.

    Mas não quero falar disso, e sim do UltraGeek.
    Inicialmente achei desnecessário a mudança de nome para UG. O podcast ia de vento em popa, tudo bem, mas de repente PODCAST SEMANAL E ULTRAGEEK. De início apenas achei que vocês mudaram um pouco o formato do podcast, colocaram uma abertura nova, etc, mas sinto agora que o podcast ganhou outra alma; ganhou outra cara. Não. Melhor. Mudou. Mudou sim.
    O UltraGeek parece que ganhou um toque a mais. Parece que a partir dessa mudança, vocês passaram a estar mais perto dos ouvintes e dar um tom de “alegria”.
    Realmente é difícil explicar o que sinto. Só sei que estão indo pelo caminho certo.

    E muito obrigado por me fazer ir na academia 😀 Normalmente só escuto podcast lá e como estava muito louco para ouvir esse, fui obrigado a ir hoje ahhahahaha Um abraço e RAULLL

  • Igor R. Uehara (19 anos, estudante de agronomia, a espera de um cargo, Londrina; PR @igor_uehara)

    Ah. E muito obrigado por fazerem um podcast 100, e não ficar picotando os melhores momentos dos podcasts passados

  • Hiro

    Intimidade é reconhecer a pessoa pelo mamilo.

    Parabéns pelo programa 100.

  • Einherjar

    Parabéns pela ousadia! Chega de hipocrisia moral!

  • Pingback: PervaLinks #1()

  • Rodrigo Byron (28 anos Analista de Suporte, São Carlos – SP)

    Faaaaaala povo que parou o podcast no meio para olhar o mamilo do Tato direito…
    Ouço o Podcast ha muito tempo, comecei ouvir quando lançou o episódio do Left 4 Dead, mas nunca comentei, sim sou uma desgraça de ouvinte fantasma, mas decidi comentar este pois como bom ouvinte do podcast e rato de internet sou apreciador da boa putaria. Otimo tema, sou muito curioso nesse assunto de Swing, mas não sei se aguentaria ver minha esposa com outro, cabeça fechada talvez?. Pode ser, mas tenho muita vontade de conhecer uma casa de Swing, aposto que o mamilo do Tato faria sucesso por la. Programa excelente, convidados sensacionais, e o que falar da musica no final? Ja esta no meu celular.
    Um grande Raull para voces, continuem assim, pois esta cada vez mais foda.
    PS: Preciso parar com a mania de gritar junto com a criançada quando termina o podcast, pois como ouço o programa com fone no trabalho fica estranho……

  • Muuuuuuuuuuuuuuuitttttooooooooooo ultra foi esse podcast com vocês!
    Ficamos MEGA “pasmos” com nossas vozes sendo gravadas e estranhas kkkk, mas nos divertimos bastante. Com certeza se tivesse sido um bate papo de mesa de bar, o assunto rolava a noite toda, pq é muito bom e com esse trio do podcast a conversa vai longeeee huahsahusa

    Adoramos a recepção e tudo mais, estamos acompanhando os comentários e queremos mais chances para gravar outros podcast com vcs se quiserem!

    Beijos e RAUUUUUULLLL de lingerie pra vcs!

    Casal Games

  • Rogério Missio

    Ho, ho, ho feliz natal!!

  • StefanPasoldDamacena

    FALAAAAA CAVALARIA GEEK!  #RAULLLCaralho já fazem 100 casts?
    Nossa, acho que de todas as maratonas de podcast  que comecei, a do ULTRAGEEK que teve inicio lá pelo dia 05/11/2014, foi a mais divertida de todas, acho que a forma de que vocês Tato e Prof. Maury conduzem o podcast e os assuntos que vocês abrangem não tem como tornar o ULTRAGEEK um podcast que fica só na “mesmice” fazendo assim um diferencial e deixando sempre mais divertido e sempre com um gostinho de quero mais, sem mais delongas…
    Só uma coisa, que nojo desse seu mamilo Tato….
    Fora isso foi um excelente programa.
    Abraços!