Ultrageek 88 (WeRgeeks) – Esperanto

Ultrageek 88 (WeRgeeks) – Esperanto

Olá, olá, olá Geeks!

Sejam bem-vindos ao segundo episódio da programação de verão do WeRgeeks! Dessa vez, Tato e Prof. Maury recebem os amigos @MarceloSalgado" href="https://twitter.com/marcelosalgado" target="_blank">Marcelo Salgado e @LucasAmura" href="https://twitter.com/lucasamura" target="_blank">Lucas Amura para um podcast mais que especial sobre a lingua universal, isso mesmo, um podcast sobre esperanto! Se você está se perguntando “o que é esperanto?” ou caiu aqui de para-quedas e não tem ideia do que está rolando, sem problemas, explicamos tudo nesse episódio do podcast, é só sentar confortavelmente na cadeira, colocar os fones de ouvido e dar o play! ;D

Nesse episódio: conheça a história do Esperanto, do seu criador Ludwik Lejzer Zamenhof, descubra como funciona o idioma, aprenda o verdadeiro significado do bolo com os amiguinhos e entenda um pouco mais sobre essa ideia tão revolucionária!

  1. LINKS CITADOS NO PODCAST:
  2. Portfolio do Lucas Amura 

Sobre o autor

A Rede Geek é um hub de conteúdo geek, com podcasts, vídeos, blog, produtos e serviços feitos especialmente para a galera que é apaixonada por tecnologia! Siga a gente nas redes sociais e fique ligado de tudo que rola por aqui! ;D #RAULLL

  • Perfekta podkaston o/
    Adorei o podcast. Fiquei mega empolgada com o tema Esperanto no WerGeeks e ainda mais com o Lucas Amura. Adorei o formato com mini-aulas, estou achando que já é degustação do formato do Português com Humor, hein, hein!?
    Tem uma ferramenta muito legal para quem quer aprender coisas novas, é o Memrise.
    Fiz uma busca por esperanto e achei opções bem legais para a cavalaria geek desfrutar.
    http://www.memrise.com/courses/english/?q=esperanto

  • Claro que se eu tivesse ouvido tudo antes de comentar, teria escrito Podkasto ao invés de podkaston 😛

  • Poxa, vou fazer o curso de Esperanto do Live Mocha. http://livemocha.com/pages/languages/esperanto/?lang=pt-br
    Eu vi Esperanto na graduação (Letras), mas foi da mesma forma que o Marcelo comentou, como conteúdo de base, vinculado aos estudos linguisticos.
    Vi uma matéria citando que Esperanto é a língua “artificial” mais falada do mundo, seguida por Klingon e Sindarin ^^.

  • Roger Takada

    Que legal o tema, ainda não escutei o episódio, mas já estou baixando…
    …sempre quis aprender a língua, lembro até que quando era mais novo usava o sistema Linux no PC em esperanto… hahaha… a vida é bela quando se tem 13 anos!
    Desencanei… era tudo muito complicado, tinha quer ter uma base de latim, bla bla bla.
    Afinal “Zenit Polar” era muito mais fácil! 😉

  • Anderson Vieira da Silva

    não vai ser sair calendario do wergeeks esse ano, se nao sair eu vou colocar no meu desktop????

  • A quem diga que ingles é a lingua dos negócios e o esperanto da fraternidade.

  • Eu quis dizer “Há quem diga”

  • Só para constar meu primeiro contato com o Esperanto foi nos centros espiritas que meu pai me levava.

  • Roger Koy Gelonezi

    Mais um ótimo programa galera!

    Por mim, movimento Lucas Amura para integrante fixo.

    Grande Abraço!

  • Parabéns pessoal pela divulgação da língua auxiliar neutra esperanto!
    Saluton samurbano Lucas!

  • Mozart Rocha

    Sensacional o podcast, um dos que eu mais gostei. Aposto que muitos geeks se interessaram por essa língua de história tão bonita.

    Parabéns pelo trampo!

  • Carlos Daniel

    Mi ?ategis tiun podkaston ^^
    Muito legal vocês terem falado sobre o esperanto e ainda dando um “cursinho rápido”
    Pra quem se interessar existe o site http://www.lernu.net ou então baixar o programa Kurso de Esperanto 😀

    Falo esperanto há 2 anos e em 1 mês eu aprendi a gramática completa do idioma em 1 mês!

  • Existem muitos sites que falam do Esperanto, e como pode-se aprendê-lo, tanto via internet, como em aulas presenciais. Nosso curso gratuito (paga somente o lanche) vai começar em março. Qualquer coisa, estamos à disposição.

  • João Ricardo

    Então nerd é mulo e geek é manolo em esperanto? 😀

  • Paula Piva

    Caraca, imagina que legal se realmente toda a cavalaria aprendesse??? Imagina um encontro da Cavalaria em q só a gente se entende??? Um podcast só pra cavalaria…ahuauhauhah… Viagei, mas ia ser bem divertido, bem segregador do resto da podosfera
    Vamos aprender mesmo???

  • Ricardo

    Quem se interessar em aprender esperanto de graça, no site do livemocha há o curso.
    http://livemocha.com/pages/languages/esperanto/?lang=pt-br

  • Éderson

    Saluton!.. Tre bona Podkaston!!…

    Vocês falaram sobre o filme Blade que eles falam alguma parte em esperanto e tals, mas não sei se vocês sabem que já foi feito um filme de terror INTEIRO em esperanto. O filme se chama Incubus e é de 1965. O legal dele é que o ator principal é o nosso amigo William Shatner, isso mesmo o nosso capitão da USS Enterprise James T. Kirk. Vale a pena conferir!!

  • Um dos melhores episódios dos últimos tempos, fiquei realmente interessado no assunto 🙂

  • Gente, Esperanto! Kio scivola temon. Vou deixar baixando para ouvir quando der 😀

  • ótimo programa!

  • aLx

    Excelente Podcast, Moçada!
    .
    Sensacional a participação do Lucas Amura e do MUITO BEM TEMPERADO, Marcelo Salgado.
    .
    Tks.
    .
    aLx

  • leandro de andrade “lanfleo”

    eu fiquei ”Esperanto” o podcast baixar tudum ts, muito bom como sempre

  • Fiquei realmente empolgado em poder ser semi fluente em uma língua estudando apenas 30 dias! Que programa fantástico! Parabéns pela escolha do tema e dos convidados, um dos melhores programas que eu já ouvi, não só do varjÍques, mas de todos os podcasts.

  • Gratulon Lucas kaj amikoj de Wergeeks!

    Parabéns pelo podcast, é muito bom ver esperantistas como o amigo Lucas falando de forma descontraída sobre o esperanto!
    Mi ege gratulas ?iujn!

  • Olá amigas e amigos todos.

    Muito obrigado pelas palavras. Mi elkore dankas pro viaj bonkoraj vortoj.

    Esse podcast tem um fator muito bom e que são justamente a excelente condução do Tato Tarcan e do Prof. Maury, pessoas completamente insaciáveis pelo saber. Quando eles se metem a querer conhecer alguma coisa, vão fundo e deixam o convidado muito à vontade, que foi o meu caso.

    Mas a pitada do tempero secreto quem deu mesmo foi o Marcelo Salgado, uma pessoa riquíssima em conhecimento e de um trato muito fino. Tive a grande honra de conhecê-lo finalmente nessa gravação e espero poder ter mais momentos assim, porque tanto o Salgado como os Irmãos Verjíquis são pessoas que merecem minhas reverências. 😀

    El la plej profundo de mia koro mi dankas al weRgeeks pro la invito cheesti en tiu chi granda kaj honora podkasto, okazo en ke mi povis renkonti tiujn grandajn spiritojn, kiuj estas Tato, Prof-ro Maury kaj Marcelo Salgado. Kaj mi ne forgesas pri vi, karaj gekomentantoj, vi estas la plej granda forto de kiu ajn podkasto. Dankon! (é um resumo em Esperanto de tudo o que escrevi aí em cima 🙂

  • Só para corrigir um parágrafo acima:

    “Esse podcast tem um fator muito bom e que É justamente a excelente condução do Tato Tarcan e do Prof. Maury, pessoas completamente insaciáveis pelo saber.”

    Ô dureza, viu! A gente começa a escrever, apaga, reescreve, refaz, e esquece que ficaram sujeirinhas lá atrás… Coisas da língua portuguesa. 😀

  • Claudinei Yogui

    Ouvindo o podcast…. Será que vão comentar sobre Ido e Volapük? Parabéns pelo tema!

  • Claudinei Yogui

    Nossa! Nem me lembrava mais do Sol-Re-Sol! E podia ser usado cantando, solfejando, falando o nome das notas, usando números no lugar nas notas, usando cores no lugar das notas, podia ser grafado numa partitura… E podia, da maneira mais fantástica que eu já vi, usar a mão como se fosse um pentagrama (aquelas linhas onde se escreve a música) e com um dedo da outra mão indicar o dedo ou o intervalo entre os dedos. Ou seja: podia ser usado por surdos quase que intuitivamente!

  • Oi amigos, muito bom o cast, bem didático ! Eu ouvir falar de Esperanto através de um professor de português no segundo grau, no começo dos anos 90, achei interessante, mas depois desta conversa, que ele teve com nos alunos, só fui ouvir-la novamente através dos podcasts! É bem legal, poder ser uma língua universal, tentar simplificar a comunicação, só espero que os puritanos não transforme a língua em um novo alemão, que junta um monte de palavras para dar nome a algo novo ou ao português que tem regras demais, acentos, tremas… rs
    Valeu!
    Bené

  • Será que podemos esperar um episódio sobre Quenya???

    Cara fiquei muito contente com aquela desculpa para falar errado, de que a linguagem que vai para a frente é a popular!!!

    Esse episódio me fez lembrar que o Google, tem um projeto para “salvar” línguas que estão entrando em extinção, é um projeto bem legal, vale a pena dar uma conferida, segue o link: http://www.endangeredlanguages.com/?hl=pt-br

    E sobre a línguas estrangeiras no Brasil, sabia que não temos tradutor juramentado de Noroegues no nosso pais???

    O episódio foi excelente, bateu até aquela vontade de falar esperanto, ja que são só tres meses para ser fluente… Quem sabe né???

    Episódio Empatico com Conteúdo!!!

    Até mais!!! Sigo escutando!!!!

  • GABRIEL LACERDA

    Olá geeks,

    Meu nome é Gabriel, 17 anos, COnsultor de TI corporativa, Brasília.

    Ficou do caralho esse podcast sobre um assunto não tão fácil de se debater.

    Só queria fazer um pedido. Vocês de vez em sempre pegam assuntos mais tranquilos e inserem um debate filosófico como fizeram com matrix e o podcast sobre estupidez. Existe um jogo de PS3, não sei se vocês chegaram a jogar chamado Journey, que é fodabagarai e é um prato cheio pra debates desse estilo. Parabéns pelo trabalho e Raúúúú.

  • Kézia Nogueira

    Kézia Nogueira, 20 anos, estudante de História – USP

    Olá Tato e Prof. Maury, tudo bem?
    Adorei o cast, muito informativo e engraçado como sempre. Respeito muito o Wergeeks pela suas escolhas de temas: são sempre relevantes, mas relativamente pouco explorados por outros podcasts.
    Escrevo esse comentário para acrescentar mais informações (a quem se interessar) sobre D. Sebastião, rei de Portugal, muito bem mencionado por Marcelo Salgado.
    D. Sebastião foi um rei jovem que teve um curto reinado. Ele era o último descendente e a esperança de continuação da Dinastia de Avis, por isso havia muita expectativa em torno de sua figura.
    Entretanto, aos 24 anos e antes de se casar e ter filhos, D. Sebastião parte em uma campanha no Marrocos, onde seu exército é derrotado e o rei desaparece, provavelmente morto em batalha. Porém, como nenhum corpo foi recuperado, a crença do povo de que ele iria retornar não foi abalada.
    Com o seu desaparecimento, o trono ficou vago e sem um herdeiro direto a disputa foi acirrada, terminando com a vitória de seu tio, Felipe II, rei da Espanha. Assim, iniciou-se a União Ibérica, que durou até 1640, quando o Duque de Bragança conseguiu a restauração portuguesa.
    Desse modo, a Dinastia de Avis foi substituída pela Dinastia de Bragança, a qual pertence D. João VI, D. Pedro I e D. Pedro II.
    A crença na volta do rei Desejado (D. Sebastião) difundiu-se, e durante a União Ibérica e outras provações do povo português a lenda da volta do rei foi mantida viva.
    O sebastianismo tornou-se uma crença do imaginário português, influenciando até mesmo alguns episódios ocorridos aqui no Brasil, como por exemplo Canudos.
    Bem, espero ter ajudado, desculpe pelos eventuais erros (e pelo tamanho do comentário!) e parabéns pelo cast.
    Beijo.

  • SISKO

    Lucas, lembro de uma palavrinha que acho que so tem no Esperanto! Na verdade é verbo “KABEI”, nunca vi nada parecido em nenhum lugar.

  • Oi Sisko (Capitão Sisko, da DS9? =), excelente lembrança a sua! Certamente não existe em nenhuma outra língua “natural” um verbo como o “kabei”. Só o Esperanto a tem.

    Obrigado pela contribuição! 🙂

  • Faaaaala Povo! Sussa?

    Demorei pakas pra escutar esse podcast, aposto que vocês já tavam achando que eu tinha sumido de novo né? Mas nem, é que eu to correndo pakas com os preparativos do casamento e to com um projeto bem grande no trabalho que está me tomando MUITO tempo, então ta realmente complicado manter os podcasts em dia, mas mesmo depois de muito tempo eu não tinha como escutar esse episódio e não passar aqui para parabeniza-los! Meus parabens mesmo!
    Eu já tinha ouvido falar de Esperanto mas sinceramente nunca tinha procurado nada sobre, depois desse podcast eu sinceramente estou tentado a aprender, nem que seja o básico. Vlw mesmo povo e Muito obrigado Sr. Lucas Amura pelas aulas!

  • Afonso Araújo

    Como faço para ouvir o podcast inteiro sem travar? ;/

  • Sérgio Azevedo

    Primeiro podcast do WeRgeeks que escuto. Muito bom! Gostei muito das histórias, piadas e curiosidades sobre a língua e sobre o Zamenhof. Um fato curioso: no filme “O Grande Ditador” de Chaplin, aparece uma loja escrita “Vesta?oj Malnovaj” (Roupa velha), em esperanto. Creio que tenha sido proposital, visto que a paz é um ideal defendido por Chaplin e pelo Esperanto.

    Grande abraço, galera do WeRgeeks!

  • 3ck

    O programa ficou show!

  • OTiagoM

    Ouvindo mais um cast antigo de vocês, mito bom mesmo…

    Eu achava que o melhor idioma pra fazer e cantar rap era o espanhol, mas agora vejo que esperanto ainda é melhor ainda…

    Da pra rimar facinho

  • StefanPasoldDamacena

    FALAAAAA CAVALARIA GEEK!  #RAULLL
     Excelente podcast, as virgulas sonoras estavam perfeitas, esse cast  realmente deixou um gostinho de quero mais.
    Abraços!