EU QUERO um Carro voador

EU QUERO um Carro voador

Como pude demorar tanto para falar aqui dos carros voadores? Quando era apenas um pequeno geek, assistir Jetsons fazia com que me empolgasse com um possível futuro fantástico, cheio de gadgets maravilhosos, principalmente os carros voadores… imaginem só como seria animal poder sair voando por aí sem trânsito algum, soltar os caronas em pequenas capsulas flutuantes e, ainda por cima, dobrar o carro até ele ficar do tamanho de uma maleta!

Tudo bem, vamos aceitar, o carro flutuante dos Jetsons ainda está um pouco longe de se tornar realidade, mas saibam que já existem projetos de carros voadores quase indo para as ruas… ou para o ar… sei lá! rs

Um desses exemplos é o holandês PAL-V, um conceito de carro misturado com helicóptero que promete andar como um carro e, ainda por cima, fugir do trânsito com suas hélices maneiras. Achei muito f*da o projeto, o problema é que, além de ter que pagar uma bala por um veículo desses (entre 250 e 500 mil euros), você ainda precisará ter uma licença privada de vôo, o que dificulta um pouco a situação para os geeks de plantão.

E aí seus geeks, que tal humilhar a galera no trânsito da marginal no meio do rush com um carrinho desses, heim? =P

SE VOCÊ TAMBÉM QUER UM, DÁ UM CURTIR AÍ!!! o/

Sobre o autor

Idealizador de toda a bagaça, Tato é um aficionado por blogs e podcasts e, acima de tudo, um completo viciado por tecnologia! Já trabalhou com robótica, hidroponia, participou de um reality show, foi professor de computação gráfica, diretor de arte em agências online e offline, organizou eventos e dedicou mais de 90% de sua vida para a comunicação. Por isso, se tornou a mente criativa da parada toda!

  • Eu quero ver quem foi que colocou CARRINHOS voadores na parede do banheiro da cozinha!

    Cara, isso é animal, é o ápice da evolução natural da nossa raça. logo logo teremos nossa primeira TARDIS!

  • Alex Kidd previu.

  • Esse post eu vou ter que comentar haha

    Caras, na minha opinião de merd*, esse negócio de carro voador nunca vai vingar. Existem projetos de carros voadores desde a década de 60, na hora é um frenesi mas depois caem no esquecimento.

    Já pensaram na logística que seria para implantar esse tipo de equipamento no ar sem conflitar com o tráfego aéreo? E o curso de formação? E a manutenção?

    Será necessário um curso de formação para voar tal equipamento, a agência reguladora do país terá que aprová-lo e é claro, não poderá se decolar e pousar em qualquer lugar, como no meio da avenida paulista engarrafada.

    Ou seja, há multíssimas barreiras para isso, e se for para ter esse trabalho todo, boa parte do pessoal que se interessou vai acabar comprando um avião monomotor ou helicóptero…

    Abraços

    Sales – PPA