EU JOGUEI Crash Bandicoot!

EU JOGUEI Crash Bandicoot!

Faaaaaaaaaaaaaala aí geeks!

O EU JOGUEI é um pedaço do WeRgeeks para games mais velhos, ou seja, games que já foram jogados e finalizados. Aqui, o ano de lançamento e o console não importam. O Objetivo é falarmos um pouco sobre o jogo e causar aquele sentimento nostálgico nos leitores mais velhos e despertar curiosidade nos mais novos.

Essa semana, vamos sair um pouquinho do mundo da Nintendo e começaremos a mesclar com o grandioso leia, pirata da Sony! Começaremos com o primeiro jogo da Sony que me foi apresentado. O Jogo que consolidou o mascote do PlayStation 1. O jogo com a onomatopéia mais difícil de se imitar. Ladies and Changemans, Crash Bandicoot!

Crash Bandicoot é o primeiro jogo da série criada para retratar as aventuras de um rato gigante, geneticamente modificado, que luta para impedir os planos maléficos do terrível Dr. Neo Córtex e seus capangas. O jogo se passa nas fictícias ilhas Wumpa, localizadas em um arquipélago a noroeste da Austrália. No início do game, o jogador tem acesso a um mapa que mostra em que local das ilhas Crash se encontra. Até o caminho para o castelo, onde Crash precisa resgatar sua namorada, existem 32 fases. Sendo 24 fases corridas, 6 delas batalha contra chefes, e 2 fases secretas, que são habilitadas no decorrer do game.

Os traços de Crash Bandicoot, nitidamente, tiveram grande influência de cartoons norte americanos. É possível notar que a maioria dos personagens e inimigos possuem um corpo pequeno e uma cabeça gigante. Os cenários estão muito bem feitos, fundos lindos, suaves e chamativos, com imagens mais nítidas e bem estruturadas do que em outros jogos do Playstation.

A jogabilidade é simples, Crash apenas corre, pula e gira. Parece pouco, mas pelo fato de ser baseado em fases corridas, o jogo se torna divertidíssimo.

Agora, eu DESAFIO vocês a escreverem a onomatopéia do querido ratão!

Espero que vocês tenham gostado! Não deixem de divulgar o WeRgeeks nas redes sociais e curtir a nossa Fanpage no Facebook!

Até semana que vem!

See Ya!

Sobre o autor

  • Erwin

    Esse jogo marcou minha infância! Para um nerdinho de 8 anos que acabara de ganhar seu primeiro console da geração esse jogo era demais! Até hoje o considero um dos jogos mais divertidos que já joguei. Esses jogos de plataforma 3D estão fazendo falta nessa geração…

  • Erick

    Ai ai ai, sabia que vocês iam acabar tocando nesse assunto, Crash foi, é e sempre será meu eterno mascote da Sony, mesmo que a Sony tenha “abandonado” ele. Fiquei sabendo que talvez saia um remake russo dele em cry engine 3…No aguardo.

  • Gabriel Rinaldi

    O crash é um cão dingo, não um rato gigante, just saying…