EU JOGUEI 1080º Snowboarding!

EU JOGUEI 1080º Snowboarding!

Faaaaaaaaaaaaaala aí geeks!

O EU JOGUEI é um pedaço do WeRgeeks para games mais velhos, ou seja, games que já foram jogados e finalizados. Aqui, o ano de lançamento e o console não importam, o objetivo é falarmos um pouco sobre o jogo e causar aquele sentimento nostalgico nos leitores mais velhos e despertar curiosidade nos mais novos.

Pra começar o texto, gostaria de afirmar algo: Geeks geralmente não gostam de jogos de esporte! isso é algo que nem precisa ser discutido. É um fato! Talvez eu seja um caso raro, pois me divirto demais jogando esse tipo de jogo com meus amigos e familiares. A bagunça, os palavrões, as provocações, as pancadarias… Tudo isso é divertidíssimo!

Sem mais delongas, essa semana, vamos falar de um jogo que me fez perder algumas tardes de domingo na casa dos meus tios caindo na porrada com meus primos. Um jogo que fez com que eu me interessasse por jogos de esporte, um jogo que me fez vibrar ao descer uma montanha, pegar um grande impulso, saltar 30 metros e conseguir girar 10 vezes no ar. O ano? 1998. O jogo? 1080º Snowboarding!

O jogo foi lançado pela Nintendo em 1998 para o N64 e logo foi aclamado pela crítica, ganhando assim, o prêmio Interactive Achievement Award da Academy of Interactive Arts and Sciences. O game era realmente maravilhoso e levava o potêncial gráfico do console ao extremo.

Em 1080º Snowboarding, controlávamos um snowboarder em um dos seis modos disponíveis. Podiamos jogar em dois modos de manobra (trick attack e disputa/contest), três modos de corrida (corrida/race, time attack, e multi-player) e um modo treino. O objetivo do jogo era chegar o mais rápido possível no final de cada pista ou receber o maior número de pontos por combinações de manobras.

Eu, particularmente, curtia muito os personagens, todos eram estilosos e “fodões”. Inicialmente, podiamos jogar com um dos cinco snowboarders disponíveis: dois do Japão, um do Canadá, um do EUA, e um Reino Unido, mas depois, três snowboarders adicionais eram desbloqueados ao completar certos estágios e modos do jogo.

Cada um dos personagens tinha habilidades diferentes e era adequado para diferentes estágios e modos, cada um possuía estatísticas diferentes em campos diferentes, como técnica, velocidade, e peso. O que não quer dizer que não se podia criar disputas acirradíssimas em todas as pistas.

Como disse antes, geeks não gostam de jogos de esporte, mas como não gostar de um jogo onde é tão fácil fazer as mais cabulosas manobras em alta velocidade? Descer montanha abaixo nesse jogo faz você se sentir um Tony Halk das neves, e basta um pouco de treino para ver seu personagem extremamente bem desenhado fazendo verdadeiras loucuras.

Você jogou 1080º Snowboarding? Compartilhe suas opiniões e suas lembranças aqui com a gente! Se você não conhece, pare AGORA o que você está fazendo e vai caçar uns emuladores!

See ya!

Sobre o autor

  • po, eu curtia esse jogo pra caramba ‘-‘

  • Esse jogo era bom demais, foi o jogo de Snowboard mais bem elaborado e de melhor jogabilidade até hoje!
    Não existe no mercado nenhum jogo da categoria tão lembrado que nem ele, só Snowboarder Kids mas que puxa pra ficção.

  • Realmente.. eu não sou muito fã de jogos de esportes se bem que esse até pareceu divertido.
    Acho que muito do seu carinho por esse jogo tem relação com os momentos vividos com os primos.
    Certamente é muito mais divertido jogar em turma do que sozinho e acho que é exatamente o caso de jogos de esporte.
    Poxa, eu curtia jogar Frogger (Atari) quando ía nos meus primos.. só pode ser pela bagunça XD
    Ótimo post 🙂

  • Caraca!! esse jogo era muito foda… joguei muito mesmo!! Parabéns por esta coluna, acabei de achar e achei do C*&¨%$#… Até.