Sejam bem-vindos ao WeRgeeks Convida, um espaço criado para que nossos amigos, leitores e ouvintes também possam participar do blog e deixar posts com seus pontos de vista sobre o universo geek. O convidado de hoje é o podcaster do Série no Ônibus e amigo, @GRabello" href="http://twitter.com/grabello" target="_blank">Gabriel Rabello!

Além de um completo viciado em séries, (paixão que fez com que esse rapaz de Campinas fosse conhecido como o “cara das séries” dentro da sua república e que, mais tarde, fez com que ele criasse um blog e podcast só para o tema) Gabriel também curte tecnologia. Nessa nova jornada pelo universo dos tablets, ele acabou decidindo comprar o Motorola XOOM e, se empolgou tanto, que escreveu um post para o WeRgeeks sobre a sua experiência!

Review completo – Motorola Xoom

 
Logo que saiu o iPad 1 eu fui um dos muitos que achou que era besteira, que não servia pra nada, etc. Mas com o tempo fui achando utilidade, principalmente para a parte de entretenimento. Eu costumo assistir séries no fretado na ida e volta do trabalho e leio bastante, tanto HQ (DC Comics), quanto livros. Foi então que decidi ter um tablet, comprei nos EUA um Motorola Xoom e me surpreendi positivamente!

Antes de comprar, li muitas reviews sobre o iPad 2 e sobre o Xoom e a grande maioria delas falava das diferenças de hardware e design. Mas eu quero falar mais da usabilidade que tenho tido com o Xoom, principalmente na parte de entreterimento que falei ali em cima e também no uso do Xoom como um computador.

Mas vamos por partes. Como eu disse, tenho utilizado o tablet para entreterimento e em toda a parte que envolve isso, tem sido quase perfeito. Antes eu assistia minhas séries no meu iPod Touch enquanto vinha para o trabalho, mas precisava converter sempre, tanto para juntar a legenda, quanto para converter para mp4, e isso continuaria acontecendo com o iPad. Com o Xoom, utilizando de um aplicativo gratuito chamado MoboPlayer (mas tem diversos outros) eu consigo rodar sem precisar converter nada. Aqui vem um problema, eu costumo assistir tudo em 720p, no formato mkv, mas não roda muito bem, fica travando um pouco. Só que em avi roda perfeito, sem problemas nenhum.

Meu outro uso de leitura ficou plenamente completa utilizando o Comixology e o Kindle. Os dois estão disponíveis também no iPad, mas no Comixology do iOS não é possível comprar as revistas, caso você não more nos EUA, já no do Android posso comprar qualquer revista. E em Setembro a DC ainda vai começar a lançar as revistas simultaneamente nas bancas e no Comixology, então está perfeito.

Eu também tive a necessidade de usar o Xoom como computador por alguns dias, porque fiquei sem meu laptop por 2 semanas e só tinha o Xoom como opção. Como moro sozinho e tenho um blog, dá pra imaginar que passo bastante tempo no computador em casa. Utilizei como browser, para ler ler notícias, ouvir música, assistir vídeos do youtube, ler e-mails e até baixar arquivos por torrent. As imagens abaixo mostram como os aplicativos deixam essas atividades fáceis. O browser tem uma particularidade, dá pra deixar ele no padrão normal ou no Quick Controls (particularmente prefiro o Quick Controls, você se acostuma rápido e visualiza as páginas em “tela cheia”). O problema aqui é que alguns sites abrem em formato mobile e não no formato normal, mas normalmente é só mudar e pronto.

Na minha opinião, o computador ainda é essencial para algumas coisas. Como o teclado não possui nenhum feedback é ruim ficar escrevendo muito nele, são mais conversas rápidas, uns tweets e pronto (o que pode ser facilmente arrumado ao comprar um teclado bluetooth). O editor de imagem que eu achei até agora também não é muito bom, então para editar as imagens pro meu blog fica complicado, assim como é impossÌvel editar podcasts nele, claro. Então para essas coisas preciso do computador mesmo!

Pra acabar, eu acho legal comentar que estão aparecendo cada vez mais aplicativos feitos para os tablets Android. O IMDB e o Evernote por exemplo foram atualizados recentemente e ficaram muito bons. Eu recomendo esse tablet sem dúvidas, ainda mais que agora que, com a atualização do Honeycomb para 3.2, o suporte ao SD Card funciona, isso significa espaço em disco tendendo ao infinito, é só comprar vários SD Cards.