Retro-review Final Fantasy IV

Retro-review Final Fantasy IV

Bem-vindo aos retro-reviews. Estes textos têm como objetivo sugerir games recentes, mas não muito recentes, que acreditamos que você deva jogar. E como estão no mercado há algum tempo você já deve ter um ambiente que os suporte e deve encontrá-los a preços bem mais acessíveis que os lançamentos. Divirta-se e deixe suas impressões depois de jogá-los.

Uma ode à redenção
Todos nós cometemos erros. Na maioria das vezes só percebemos isso depois do ato, algumas vezes só depois de confrontados com a verdade. Algumas vezes sabemos previamente que aquilo que faremos é errado, mas por algum motivo, seja ele altruísta ou egoísta, continuamos mesmo assim. E às vezes nós utilizamos de elementos ou prerrogativas ruins pra chegar a um resultado positivo. Em qualquer caso uma vez ciente do erro nós buscamos corrigi-lo. Ao menos a maioria de nós. Essa é a busca da redenção, o perdão de nós mesmos.

Da escuridão para a luz
Você é Cecil, um dark knight capitão da força de elite Red Wings do reino de Baron. Recentemente enviado a missões pouco comuns você acaba por perceber que há algo errado com o rei, que suas ordens não deveriam ter sido dadas, que os Cristais não valem o sofrimento daqueles que os guardam. E você entenderá que antes de salvar qualquer outro você precisa salvar a si mesmo e que precisará ensinar a mesma lição a vários outros que encontrará em sua jornada.

Aprenda, desenvolva e utilize
Todos os elementos clássicos estão lá, obviamente, afinal FFIV é um remake com poucas mudanças e apenas um delas é drástica, os gráficos. Com modelos 3D todo o conjunto ganha uma nova roupagem como feito em FFIII, também pro DS, e funciona naturalmente pois como um bom RPG os gráficos são um elemento menor comparados a história e som. Por incrível que pareça poucos percebem o quanto som é importante em um RPG, como este ajuda o jogador a imergir naquele mundo e momento. E a história? Uma série de belos personagens, tão profundos quanto necessário para fazer diferença no todo e você se importar com cada um deles, que vão te ajudar em cada passo do caminho.

A jogabilidade do original é mantida, com as conhecidas (e odiadas por alguns) random battles iniciando o Active Time Battle System, novidade no jogo de 1991, onde cada personagem tem seu próprio medidor de tempo de preparação, seja para uma próxima ação ou para executar a ação escolhida, uma maneira bem inteligente de demonstrar que todos precisam de tempo para se preparar assim como conjurar uma magia poderosa não é tão fácil como golpear com uma espada.

Um ótimo re-encontro
Como poucos dos novos jogadores estão dispostos ao trabalho de religar todo um antigo sistema, como o Super NES, os grandes jogos tem duas alternativas, remakes ou ports, e quando um grande jogo toma o caminho do remake todos nós ganhamos. FFIV é uma surpresa para os novatos e uma boa nostalgia aos antigos, um grande jogo, com uma grande história que vale a pena ser vivenciada.

Sobre o autor

  • Caraca, não sabia que tinha para DS

    eu joguei o FFIV para SNESS, mas não terminei por falta de tempo, mas o enredo era muito foda

    o unico que fechei foi o FFV (http://en.wikipedia.org/wiki/Final_Fantasy_V) que tb foi muito foda

    alguem sabe se outros FF foram relançados?

  • @darthjee
    Tá de sacanagem, né, Darthjee? Pra citar os relevantes:
    FFI: NES, PSX, PSP, GBA e iOS;
    FFII: NES, PSX, PSP, GBA e iOS;
    FFIII: NES e NDS;
    FFIV: SNES, PSX, GBA e NDS;
    FFV: SNES, PSX e GBA;
    FFVI: SNES, PSX e GBA;
    FFVII: PSX, Windows e PSN;
    FFVIII: PSX, Windows e PSN;
    FFIX: PSX e PSN;
    FFX: PS2;
    FFXI: PS2, 360 e Windows;
    FFXII: PS2;
    FFXIII: PS3 e 360;
    FFXIV: PS3 e Windows.

  • Caraca, não sabia … vou ver se consigo os do GBA