Retro-review Team Fortress 2

Retro-review Team Fortress 2

Bem-vindo aos retro-reviews. Estes textos têm como objetivo sugerir games recentes, mas não muito recentes, que acreditamos que você deva jogar. E como estão no mercado há algum tempo você já deve ter um ambiente que os suporte e deve encontrá-los a preços bem mais acessíveis que os lançamentos. Divirta-se e deixe suas impressões depois de jogá-los.

9 companheiros, 1 objetivo: matar 9 inimigos.
Como? Onde? Quando? Por quê? WTF? Quem pegou meu sanduíche? Nada disso importa. Seu objetivo é simples, se algum personagem tem o uniforme de uma cor diferente da sua, mate-o. Atire, queime, exploda, corte, soque, golpeie, mate-o. Ataque frontal, traição, armadilha, flanco cego, emboscada, furtividade, mate-o. Longa distância, sorte, média distância, acidente, curta distância, finalizando o que alguém começou, mate-o. E ao final da partida mate todos os que sobraram. O objetivo do jogo nem sempre é acabar com o time adversário, mas se você deixar de se preocupar com isso o jogo perde boa parte da diversão. E Team Fortress 2 é um jogo totalmente voltado à diversão.

Lança-chamas, metralhadoras e bazucas
TF2 é um FPS multiplayer baseado em classes, estas tão cheias de personalidade que na verdade podemos chamá-las de personagens. 9 companheiros que não podem ser confundidos nem que o jogador quisesse. Pyro, o piromaníaco mais amado do mundo munido de um lança-chamas quase caseiro; Engineer, responsável por defesa de território e suporte; Spy, o mais eficiente e difícil de dominar; Heavy, lento mas de capacidade destrutiva incrível; Sniper, preciso para derrubar defesas e defender investidas; Scout, a primeira linha de combate e ágil como um raio; Soldier, o ataque em forma de personagem, Demoman, alcance indireto e supressão de avanço; e Medic, o mais importante de todos.

Cada um destes personagens leva um conjunto inicial de 3 armas: principal, secundária e corpo a corpo. Alguns compartilham estas armas, como a espingarda, mas as armas primordiais de cada um dão ainda mais personalidade a eles. O lança-chamas do Pyro funciona melhor a curta distância, não há nada melhor que ver um inimigo queimar, a sentry gun do Engineer leva inimigos do estado de ataque para peneira e depois para gritos de frustração, a butterfly knife do Spy é o maior motivo de gritos de ódio e pura ira já criado, a minigun do Heavy é capaz de limpar um ambiente melhor que muito multi-uso por aí, o rifle do Sniper tira um inimigo do combate antes mesmo dele entender o que aconteceu, a scattergun do Scout é tão capaz de transformar um inimigo em queijo suíço quanto de lançá-lo em um abismo ou à frente de um trem, a bazuca do Soldier causa um dano de área muito útil à média distância, a granade launcher do Demoman coloca uma granada na cabeça de alguém sem ele saber de onde veio, e a medigun do Medic é o objeto mais solicitado e útil da equipe.

Cada um destes personagens, aliado a arma que o jogador domina e uma boa estratégia é mortal como uma bomba atômica e isso é uma das belezas deste jogo. Apesar de podermos usar de covardia os personagens são equilibrados e o líder em pontos certamente será aquele que sabe melhor usar seu conjunto, não importando se é um Spy furtivo, um Medic curando a todos ou um Engineer que sabe posicionar muito bem sua sentry gun, todos podem ser o melhor em cada partida.

Uma bomba, uma pasta e um local
Os modos de jogo de TF2 são bem diferentes uns dos outros, dando uma jogabilidade nova a cada partida. É necessário que cada jogador se adapte a este novo conjunto de objetivos e descubra qual personagem é melhor para executar cada um deles. O clássico capture the flag consiste em buscar uma pasta na base inimiga e trazê-la a sua. Control points se baseiam em permanecer em um local por um tempo determinado e assim tomá-lo para sua equipe, este modo se divide em alguns tipos onde o ponto pode ou não ser recuperado. Payload é um modo onde um time deve escoltar um carro contendo uma bomba até a base inimiga enquanto o outro tenta barrar este progresso. E arena é o team deathmatch clássico em mapas curtos sem respawn.

Violência, como poderia ser mais divertida?
Team Fortress 2 é um jogo onde você consegue se divertir muito e sempre uma vez que abstrair a frustração de sua morte. Tudo tem um objetivo, mas se você não se frustrar com a própria morte tudo no jogo o fará uma pessoa mais feliz. Os personagens são incrivelmente carismáticos e ao mesmo tempo odiáveis, os mapas são excelentes e uma grande diferença entre você e seu adversário só dará estímulo ao mais fraco de jogar mais, aprender novas técnicas e estratégias para poder equilibrar e eventualmente ultrapassar seu carrasco.

TF2 é uma obra de arte.

Sobre o autor

  • Campones

    oha… nunca vi tão interessante… rs …

    ondebaixo?

    quero jogar..

  • bruno mainka

    AONDE EU BAIXO ESTE JOGO?
    ELE PARECE SER MUITO LEGAL!!

  • diego

    Tenho esse jogo no meu pc com steam !

  • Tato

    Quem fez eu baixar esse jogo foi a família Lohmann… hoje descobri que posso ser um cara bem mais feliz! huahuahauhau

    Vale o download e o preço! Aproveito para deixar uma dica, fiquem sempre de olho no STEAM. De tempos em tempos rola uma promoção animal e vc poderá comprar o game, original, por menos da metade do preço!!!! 😉

  • Slade

    Eu comprei esse game no fim do ano passado.
    E realmente, é o FPS On-line com o qual eu mais me diverti. Com certeza vale o preço.

  • Hiro

    Sou fã dos modos TF desde quake… Mas nunca consegui jogar essa versão oficial.
    Esperando uma versão pra consoles em lágrimas aqui ;p

  • @bruno mainka
    http://store.steampowered.com/app/440/

    @Hiro
    Verifique este site aqui: http://www.systemrequirementslab.com/cyri/
    Nele você consegue ver se sua máquina aguenta o jogo que você quer, neste caso TF2. Não é um jogo pesado, pode ser que seu ambiente suporte.

    Preciso colocar este site num Recomenda depois.

  • Campones

    Vlw Fred

    Agora é salvar nos favoritos e aguardar a grana chegar^^

  • Hiro

    thx, fred. Mas aqui campo minado eh lagado ;p