Svn + Latex = Uma dica de Geek para Geek

Svn + Latex = Uma dica de Geek para Geek

Ola pessoal, sentiram saudades? Estou de volta com uma dica para você meu geek amigo que tem o grande problema de escrever um relatório, código fonte, página de internet, ou um simples arquivo, e descobrir que após corrigir um erro, a versão de ontem (que você considerava errada) estava bem melhor.

Bom, uma solução para você é gastar uma fortuna em HDs e gravar cada versão dos seus arquivos e se perder nas organizações de backups. Outra solução é utilizar servidores SVN que vão te economizar HDs e resolver os problemas de organização. 😀

O lance é muito simples, como em um sistema de backup bom, o servidor SVN guarda o seu arquivo versão 1 todas as modificaçoes sofridas até a versão atual (tudo compactado :D), sendo assim, caso você nescessite de uma versão intermediaria, ele monta ela para você na hora do pedido. Para fazer tal montagem, ele tenta reconhecer o formato do arquivo, que no caso de códigos-fonte, páginas html, textos sem formatação, etc, são reconhecidos e armazenados da forma correta.

O unico problema, é quando trabalhamos com arquivos que o sistema SVN considera como sendo binários, que no caso são imagens, documentos formatados (Word, Excel…), Gráficos, etc. No caso de arquivos tratados como binários, o sistema grava uma nova versão de cada modificação do arquivo, de forma que não existe o ganho de espaço garantido normalmente pelo SVN.

Uma solução para isso, é mudar de processador de texto (sim, o Word fede), e utilizar um tipo de arquivo como html (tosco) ou algo que foi desenvolvido por um programador que considerava que nenhum processador de texto tinha o poder de formatar um texto descentemente para que pudesse ser apresentado no meio acadêmico/científico, ou seja, o negócio é usar TeX ou LaTex.

O modo de se produzir um arquivo-fonte para um documeno à ser processado pelo Latex, utiliza macros que lembram tags de html, onde dizemos através de um código se queremos colocar negrito, iniciar uma tabela ou inserir uma imagem. Inserir funções matemáticas é uma beleza (sim, eu estou tomando notas de aula utilizando latex já que, depois que você pega o jeito, é muito rápido inserir funções matemáticas). O arquivo então é processado, gerando um arquivo de saida (por exemlo, PDFs) que pode ser enviado para seu professor/editor/chefe/xxx.

Bom, as dicas são estas, se você se interessou, existem alguns links abaixo onde você pode fazer download, saber um pouco mais sobre e até mesmo pegar alguns tutoriais sobre SVN e Latex.

PS: SVN e Latex estão disponiveis para muitos sistemas operacionais, incluindo os classicos Linux, Windows e MacOS, e caso você não queira instalar os programas, existem editores on-line para latex, e servidores gratuitos de svn

Referências:

Sobre o autor

  • Muito interessante Darthjee!
    Você poderia usar ele e escrever aquele programinha lá, né?
    huahuahuahuahuhauhauhauhauhau…

    Brincadeira! Rs…

    xD

  • darthjee

    Bom, agora vou ter que continuar a escrever parte do código para um trabalho da facu, então a previsão é boa 😀